ATeG Café: produtores do Sul de Minas enviam amostras para o Cupping do SENAR MINAS

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

ATeG Café: produtores do Sul de Minas enviam amostras para o Cupping do SENAR MINAS


Cafeicultores do Sul de Minas atendidos pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, participam, em novembro, da Semana Internacional do Café e do Cupping SENAR MINAS 2020, concurso de qualidade para cafeicultores participantes do ATeG. Para isso, a Regional de Passos enviou 179 amostras.

Em 2019, produtores de Nova Resende e Poço Fundo atendidos pela Regional garantiram premiações: Antônio Rodrigues de Miranda conquistou o primeiro lugar na categoria Cereja Descascado, e Alessandro Marcos de Miranda e Valdir José de Oliveira ficaram em segundo e terceiro lugar na categoria Natural.

ATeG Café: produtores do Sul de Minas enviam amostras para o Cupping do SENAR MINAS

Expectativa

Segundo o supervisor do ATeG Marco Aurélio Gomes Schuffner, os produtores do Programa aguardam ansiosos esse momento, pois têm a oportunidade de mostrar o trabalho realizado e se destacarem para o mercado. “Os vencedores também podem efetivar excelentes vendas dos microlotes. Em 2019, por exemplo, a saca do café vencedor atingiu a marca de R$ 2.500,00”. 

Para o também supervisor do Programa, Rodrigo Elias Batista Almeida, no concurso, o produtor tem o mapeamento de sua qualidade. “A expectativa dos produtores é ter o trabalho de um ano reconhecido através da premiação”. Rodrigo também ressalta que a versão 100% online do evento não trará nenhuma dificuldade para os participantes.

ATeG Café: produtores do Sul de Minas enviam amostras para o Cupping do SENAR MINAS
Os supervisores do ATeG, Marco Aurélio e Rodrigo Elias, analisam as amostras

Cenário novo

O cenário de 2020 é totalmente diferente. Com a saca do café atingindo a marca dos R$ 600 / 650,00, muitos produtores optaram por vender antecipadamente a produção e não participarão do concurso. “Com o custo de produção em mãos o produtor sabe qual a melhor hora para comercializar e o mercado ofereceu bons preços para eles nesse momento”, ressaltou Marco.

Para o concurso de 2020, estão produtores de Cabo Verde, Alpinópolis, Alfenas, Ibiraci, Poço Fundo, Alterosa, Monte Santo de Minas, Nova Resende, Paraguaçu, Bom Jesus da Penha, Guaranésia, São Tomás de Aquino e Muzambinho.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes