Cadastramento da 2ª etapa do FIP em Minas Gerais segue até 30/11

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Cadastramento da 2ª etapa do FIP em Minas Gerais segue até 30/11


O cadastramento para a segunda etapa do Projeto FIP Paisagens Rurais foi prorrogado até 30 de novembro. Executado pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, o projeto oferece assistência técnica e gerencial gratuita durante dois anos, promovendo ações para a recuperação de pastagens degradadas, áreas de APP ou reserva legal, aos produtores da pecuária de corte e de leite inseridos na Bacia do Rio Tejuco. Hoje, mais de 1.000 propriedades já são atendidas em Minas Gerais.

Das 800 vagas abertas para esta fase do projeto, 500 já foram preenchidas. “Ainda temos cerca de 300 vagas disponíveis e os produtores interessados devem procurar o sindicato dos municípios abrangidos pelo FIP”, explica o coordenador e analista técnico da Gerência de Assistência Técnica e Gerencial do Sistema FAEMG, Ricardo Tuller. A assistência engloba os municípios de Uberaba, Veríssimo, Campo Florido, Uberlândia, Campina Verde, Prata, Ituiutaba, Monte Alegre de Minas, Gurinhatã e Santa Vitória, e para a segunda fase foi ampliada para Comendador Gomes e União de Minas.

De acordo com Tuller, o cadastramento nas duas novas cidades está com boa aceitação. “Nossa expectativa é ter, pelo menos, quatro grupos em União de Minas e dois em Comendador Gomes”, completou. O presidente do Sindicato Rural de Comendador Gomes, Pedro Henrique Ferreira Castro, confirma a importância da chegada do projeto ao município. “Vai ajudar demais o produtor rural, principalmente depois de enfrentar este ano em que tivemos seca e geada. Os produtores estão entusiasmados e a procura pelo cadastramento surpreendeu, acredito que podemos chegar a 90 participantes. Parabenizo o SENAR por esta iniciativa”, afirmou.

O gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Uberaba, Caio Oliveira, destaca que os produtores já cadastrados começarão a receber as visitas técnicas a partir do dia 15 de novembro. “O projeto é uma excelente oportunidade para quem quer melhorar suas práticas de gestão e trabalhar a recuperação ambiental da propriedade. Mensalmente, os produtores receberão uma visita de um técnico para dar todas as orientações e suporte necessário”, finalizou.

O FIP Paisagens tem a expectativa de recuperar 45 mil hectares de pastagens degradadas e três mil hectares de passivos ambientais em Minas Gerais. O Projeto Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado – FIP Paisagens Rurais é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, do MAPA, com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e do MCTIC, por meio do Inpe e da Embrapa.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes