Deslocamento de maquinários garante capacitação em Alto Taquari

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Deslocamento de maquinários garante capacitação em Alto Taquari


Em 2020 com a pandemia da Covid-19, as lideranças e produtores rurais foram encontrando soluções para manter os treinamentos ofertados pelos Sindicatos Rurais em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Alto Taquari foi um deles. Ao invés dos alunos irem até o local onde estavam os equipamentos para as aulas práticas, eram os equipamentos que iam até os participantes.

Uma plantadeira, uma colheitadeira de grãos, um uniport e um trator percorreram um trajeto de três quilômetros, distância entre o armazém e o sindicato rural de Alto Taquari. Esta situação se deu em função do acesso restrito nas propriedades rurais por conta das medidas de combate e prevenção à Covid-19.

A ideia partiu do presidente do sindicato do município, Luis Sperandio, em conversa com produtores locais. O intuito era aproveitar o período de entressafra para realizar as capacitações. “Buscamos alternativas para atender a nossa demanda aproveitando as máquinas e os funcionários que estão parados”.

Com os maquinários cedidos foram realizados os treinamentos Operação e regulagem de implementos agrícolas para plantio e controle fitossanitário; Operação de colheitadeira de grãos e da Norma Regulamentadora 31.8 – Segurança em aplicação de agrotóxicos.

Essa foi a primeira vez que os produtores rurais Orlando e Murilo Sperandio participaram como parceiros no sindicato na realização de treinamentos. “Conhecia alguns participantes dos cursos e tinha gente que nunca tinha visto as máquinas de perto. Fico feliz por ter ajudado de alguma forma”, afirmou Murilo, satisfeito com a contribuição.

O operador de máquinas Eduardo Ferreira já tinha conhecimento prático do maquinário, mas foi a primeira vez que realizou capacitação teórica sobre a colheitadeira. “Já atuo há duas safras, mas por meio das instruções dos operadores antigos. Foi a minha primeira capacitação e eu vou sempre buscar melhoria e conhecimento”.

Turmas – Os cursos foram retomados após meses de suspensão devido às medidas de prevenção à Covid-19. De acordo com a mobilizadora do sindicato local, Claudisse dos Anjos, por conta da segurança, muitas propriedades ainda não estão liberando a realização dos treinamentos. “Como o Sindicato Rural fica em frente a uma lavoura conseguimos realizar as capacitações dessa forma, em um espaço cedido pelo produtor Guilherme Augusto Irgang”, destaca a mobilizadora.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes