FAESP/SENAR-SP destaca importância da formação profissional rural e da promoção social para auxiliar no acesso a alimentos seguros e promove projeto de arrecadação e distribuição de alimentos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

FAESP/SENAR-SP destaca importância da formação profissional rural e da promoção social para auxiliar no acesso a alimentos seguros e promove projeto de arrecadação e distribuição de alimentos


Para garantir que o alimento chegue à mesa de consumidores em todo o Brasil – e também em outros países, já que São Paulo é um importante exportador – os produtores rurais têm investido fortemente em modernização, tecnologia, gestão e capacitação profissional.

Nesse cenário, em que o setor rural é fundamental para o abastecimento de milhões de pessoas, o Sistema FAESP/SENAR-SP e Sindicatos Rurais oferecem aos produtores e trabalhadores rurais, assim como a seus familiares, cursos para formação profissional que proporcionam conhecimento teórico e prático para a melhora da produtividade e da qualidade dos alimentos.

Outros cursos vão além, como na área de Promoção Social, ensinando sobre o melhor aproveitamento dos alimentos e as boas práticas na cozinha. Na realidade atual em que o desperdício deve ser evitado a todo custo, esse conhecimento é de extrema relevância para a segurança alimentar daqueles que estão sendo impactados pela atual crise. Além de eliminar o desperdício de alimentos, é possível preparar pratos saborosos e nutritivos com as receitas que fazem parte da programação dos cursos.

curso11 altinopolis curso 02

Um exemplo é o curso “Processamento Artesanal de Carne Bovina”, que ensina a transformar carne em embutidos e defumados. Outro curso, de “Processamento Artesanal de Frutas”, ensina a transformar frutas em compotas, frutas cristalizadas, desidratadas e sucos. Esses dois cursos foram muito procurados no Sindicato Rural de Altinópolis, segundo a coordenadora Renata Aparecida Costa. Ela destacou também o curso “Processamento Artesanal de Peixes”.

altinopolis curso 05 altinopolis curso 07

O coordenador do Sindicato Rural de Serra Negra, José Eduardo Guideti Malagodi, destacou o curso “Processamento Artesanal de Banana”, em que os alunos aprendem como fazer banana passa, farinha e chips de banana, bolo, doce, pudim e muitas outras iguarias. O objetivo dos cursos de processamento artesanal é ensinar os alunos a aproveitar ao máximo os produtos alimentícios para consumo próprio e tornar essa prática parte do cotidiano, seja para diminuir o desperdício ou para aproveitar o excedente da produção.

A educação alimentar é um aspecto importante desses cursos, pois é por meio dela que um maior número de pessoas pode ter acesso a uma alimentação saudável. Outros dois cursos muito procurados em tempos de crise é “Prevenção ao desperdício” e “Aproveitamento integral dos alimentos”. Este último permite aproveitar partes de vegetais – folhas, sementes, cascas etc. – que possuem um alto valor nutricional e normalmente seriam descartadas na produção de receitas e pratos.

altinopolis curso 04

Para participar das ações é necessário que tenha mais de 16 anos e que se inscreva no Sindicato Rural de sua região.

AJUDANDO AS PESSOAS DO CAMPO

A FAESP/SENAR-SP tem realizado ações destinadas a contribuir para a manutenção do abastecimento e para apoiar agropecuaristas e consumidores. Uma dessas iniciativas é o Projeto AlimentAção, que tem como objetivo a arrecadação e distribuição de alimentos para famílias em vulnerabilidade social.

Desde o início da campanha em junho foram arrecadados cerca de 300 mil quilos de alimentos para doação. Foram montadas cestas básicas – cada cesta pesa em média 25 kg – que foram entregues a trabalhadores do campo e moradores de baixa ou sem renda.

santa rosa de viterbo proj alimentacao 03

Produtores rurais prejudicados pela crise também podem receber as cestas básicas, para que possam superar com dignidade esse delicado momento. Essa ação tem sido muito importante para minimizar os impactos causados pela crise da pandemia de Covid-19. Cada vez mais Sindicatos Rurais de todo o Estado estão aderindo a esta ação; no momento 58 Sindicatos Rurais estão participando da ação, num total de 113 projetos. Também a FETAESP participa da ação num total de 5 projetos.

A sociedade em geral oi igualmente beneficiada com cestas básicas denotando a participação do agronegócio paulista para mitigar os efeitos da pandemia.

COMO DOAR

As pessoas interessadas em apoiar o Projeto AlimentAÇÃO podem entrar contato o Sistema FAESP/SENAR-SP através do WhatsApp (11) 94710-8788 ou pelo e-mail: [email protected], por onde os técnicos auxiliarão com mais informações e contato com os sindicatos e produtores rurais.

Para doar e receber doações é necessário procurar um sindicato rural local e regional.

O AGRONEGÓCIO PODE COLABORAR AINDA MAIS COM A SEGURANÇA ALIMENTAR

Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP) de setembro deste ano, o PIB do agronegócio teve alta de 9,81% no primeiro semestre. A participação do setor Agro no PIB nacional deve se manter em 30%. O Estado de São Paulo tem forte influência nesses resultados – o agronegócio paulista representa 20% do PIB nacional do setor.

O setor pode ser ainda mais forte e atuante em colaborar com o melhor acesso a alimentos se houver uma política de Estado que favoreça um crescimento sólido e permita ao produtor levar ao consumidor alimentos a preços mais acessíveis. Isso requer reformas na economia que possibilitem mais investimentos de forma inteligente e uma reforma tributária eficiente, pois a tributação inadequada dos alimentos é um grande fator que prejudica na busca pela erradicação da fome.

Outras informações acesse o Portal FAESP/SENAR-SP

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes