Pesquisa revela opinião dos participantes dos cursos do Senar-MT

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisa revela opinião dos participantes dos cursos do Senar-MT


Uma pesquisa realizada pela Central CM – Planejamento e Inteligência de Mercado com pessoas que já participaram de treinamentos e cursos ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) em parceria com os Sindicatos Rurais revela que 99,8% dos entrevistados recomendam os treinamentos da instituição. Outro dado que se destacou foi que 70,6% atribuíram notas de 9 a 10 quando questionados se conseguem aplicar na atividade profissional o conhecimento adquirido nos cursos.

Além disso, 89,50% dos entrevistados garantem que os treinamentos têm impacto em suas atividades profissionais. Mais que isso, 23,20% contam que obtiveram avanços relacionados às suas carreiras profissionais depois de ter participado de treinamentos, cursos e qualificações do Senar-MT.  

Outro ponto que chamou a atenção, nesta pesquisa, foi a avaliação do corpo docente feito pelos participantes. Mais de 35% dos entrevistados apontaram que a especialização do quadro de professores é o que mais influencia ao escolher uma qualificação profissional.

Engenheiro agrícola e pós-graduado em engenharia de segurança do trabalho, Carlos Paim é instrutor credenciado junto ao Senar-MT há seis anos. Com mais de 200 treinamentos ministrados, Paim acredita que a experiência seja primordial para a função.

“É preciso ter a vivência para trazer os problemas do dia a dia e buscar conhecimento teórico na área para melhorar o desempenho”. O engenheiro é instrutor na área de secagem e armazenamento de grãos e em segurança no trabalho.

A zootecnista Angélica Stuchi trouxe o conhecimento da faculdade para os cursos de avicultura e sistema caipira que ministra desde 2018. Segundo ela, os produtores rurais criam expectativa em relação aos instrutores e é necessário atendê-las. “É preciso saber a demanda do público alvo e melhorar a vida do produtor rural que nos recebe de braços abertos e espera que os cursos vão auxiliá-los na rotina da propriedade”.

De acordo com a equipe de Produtos Educacionais do Senar-MT, a instituição possui cerca de 330 profissionais credenciados como instrutores de treinamento, em 15 cadeias produtivas. A maior demanda de Mato Grosso é para os cursos de saúde e segurança no trabalho; mecanização e pecuária de pequeno, médio e grande porte.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes