Reajuste da Enel: “Não vamos parar enquanto não for revisto esse aumento”, diz presidente da Faec

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Reajuste da Enel: “Não vamos parar enquanto não for revisto esse aumento”, diz presidente da Faec


Após audiência pública realizada na Câmara dos Deputados para discutir o reajuste nas tarifas de energia elétrica autorizado pela Aneel, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Amílcar Silveira, disse que irá buscar de todas as maneiras a revisão do reajuste aplicado pela Enel Ceará. “Não vamos parar enquanto não for revisto esse aumento. Não há justificativa para esse reajuste”, disse Silveira, após a audiência, realizada nesta quinta (12).

Embora o reajuste médio na tarifa de energia elétrica no Ceará seja de 24,8%, para os produtores rurais o impacto será de 32,7%, segundo estimativa da Faec. A alta deverá atingir cerca de 395 mil estabelecimentos rurais no Estado, impactando diretamente os segmentos de frutas, hortaliças, carne, leite, queijo, camarão, dentre outros. A Faec já buscou o Ministério Público para impetrar ação civil pública contra a Enel.

A audiência, promovida pela Comissão de Minas e Energia da Câmara, atendeu a um requerimento do deputado Danilo Forte, que pede explicações sobre “os parâmetros utilizados para aprovar esse reajuste tarifário”.

Nesta semana, a Câmara dos Deputados aprovou urgência para a votação em plenário do PDL 94/22, que susta os efeitos de resolução da Aneel que autorizou o reajuste no Ceará. O deputado Domingos Neto, autor do projeto, afirmou que o objetivo é alterar o texto para barrar todos os reajustes autorizados pela Aneel em diversos estados. “Houve reajuste abusivo de 20% em Alagoas; 21% na Bahia; 17% no Mato Grosso do Sul; de cerca de 20% Rio Grande do Norte; quase 25% de reajuste médio de energia no Ceará; e já aviso logo aos mineiros que haverá aumento no dia 22 de maio“, disse.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes