Semana Internacional do Café: diversidade regional, protagonismo feminino e abordagens sustentáveis

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Semana Internacional do Café: diversidade regional, protagonismo feminino e abordagens sustentáveis


Semana Internacional do Cafe 2021 1

Semana Internacional do Café 2021 é marcada por diversidade regional, protagonismo feminino e  abordagens sustentáveis

Evento discutiu necessidades ambientais, apresentou inovações com foco em qualidade e produtividade e revelou oportunidades que nasceram com novos perfis de consumo

Minas Gerais, novembro de 2021 – A Semana Internacional do Café, encerrada na sexta-feira, 12, cumpriu a proposta de “retomar, reencontrar, reconectar”, slogan da edição deste ano. A retomada do formato presencial no Expominas, em Belo Horizonte, ganhou o suporte de uma programação digital robusta transmitida direto do pavilhão, encurtando ainda mais a distância entre produtores, marcas, consumidores e as atualizações estratégicas de mercado, incluindo a diversidade de origem dos cafés brasileiros e das políticas sustentáveis no setor.

EDIÇÃO 2021 EM NÚMEROS

Cerca de 10 mil visitantes puderam conferir, seguindo todos os protocolos de segurança, as novidades de 105 marcas expositoras, que ocuparam o espaço físico de um pavilhão e meio. Já na plataforma digital foram mais de 6 mil acessos, garantindo um alcance global ainda maior (25 países), somando o total de 16 mil visitantes híbridos. Na parte de conteúdo, a programação contou com 70 apresentações e 113 palestrantes, incluindo especialistas, produtores, pesquisadores e empresas. Em relação aos negócios, as rodadas nacionais foram muito movimentadas e os números ainda estão sendo compilados.

Com realização da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), Café Editora, Sebrae e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a SIC, novamente, consolida sua importância para o desenvolvimento do agronegócio do café, alinhada com as necessidades e movimentos que devem pautar o futuro da indústria.

Semana Internacional do Cafe 2021 2

CONTEÚDO ESTRATÉGICO E EXPERIÊNCIAS

Enquanto o Fórum da Cafeicultura Sustentável levantou assuntos como aplicação as políticas de ESG na prática do campo, a inclusão de medidas de redução de emissões na cadeia de suprimentos, cafeicultura orgânica e bioinsumos, o Auditório Central e a Streaming Room, as duas principais áreas de transmissão, receberam temas como turismo rural, a diversidade dos cafés da Amazônia, e o nível de preocupação e exigência cada vez mais apurado dos consumidores. Também relacionado às tendências do mundo do café, o MCO Summit 2021, uma iniciativa do Sebrae Minas teve como tema o movimento das origens controladas e a busca pela diferenciação sustentável. Além disso, uma manhã inteira foi dedicada ao protagonismo e avanços fomentados pelo Encontro da Aliança Internacional das Mulheres (IWCA Brasil), que completou 10 anos.

Nos workshops realizados na Cafeteria Modelo, a mistura de teoria, prática e visão de mercado capacitou os participantes sobre cafés fermentados, leites vegetais e latte art, tipos diferentes de café e a importância dos aspectos sensoriais para a experiência de degustação. Ainda no campo prático, muita técnica e criatividade com nomes de referência no Barista Jam.

Na Torra Experience, outra atividade bastante demandada, o público pôde conferir a apresentação Como Adaptar os seus perfis de Torra ao seu estoque do café, comandada pela mestre de torra Daniela Capuano, mineira vencedora do concurso Un Des Meilleurs Ouvriers de France, em 2019. Além disso, práticas como a rotina da torrefação e primeiros passos e noções básicas de torra com especialistas.

TENDÊNCIAS, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Na onda dos produtos preocupados com o impacto ambiental, o leite vegetal Naveia foi um dos lançamentos que aconteceram na SIC. No conceito,  a economia de água é de 95%  e menos 70% de CO2 emitidos na atmosfera, entre outras características sustentáveis. Conheça em: https://cutt.ly/kTvVj4d

Na mesma toada de cuidado com o planeta, a Ball apresentou o café em lata, que une dois dados relevantes: o fato do Brasil ser o segundo maior consumidor do grão do café no mundo, além do maior produtor, e a liderança mundial do país na reciclagem de alumínio, com uma taxa de 97%. Saiba mais: https://cutt.ly/dTvVy8N

Já a Bitcoffee chegou com a proposta do café comestível, ou seja, em formato sólido. Apresentado em três sabores: expresso, cappuccino e café com leite, o produto chama a atenção por oferecer um novo jeito de consumir. Veja em: https://cutt.ly/MTvC6qt

A tecnologia também teve bastante espaço na SIC. A empresa Satake, por exemplo, apresentou uma classificadora óptica, a FMSR 01-L, que usa inteligência artificial para separar os grãos por cor, sendo possível também utilizar outros parâmetros, com alta precisão. Mais informações em: https://cutt.ly/6TvC04g

PRÊMIOS

Comandada pela jornalista Mariana Proença, Diretora de Conteúdo da Café Editora, a SIC 2021 foi encerrada com a revelação dos melhores cafés do Brasil. 

No Prêmio Coffee of The Year Brasil, o grande vencedor na categoria arábica foi Elmiro Alves do Nascimento da Fazenda Santiago, em Olegário Mariano (Cerrado Mineiro), com uma pontuação de 90,83 pontos. No segmento arábica fermentado, o primeiro lugar ficou com Sandra Lelis da Silva, do Sítio Caminho da Serra, de Araponga (Matas de Minas), que marcou 89,1 pontos. Na categoria canéfora, o primeiríssimo lugar ficou com o tricampeão Luiz Cláudio de Souza, do Sítio Grãos de Ouro, em Muqui (Sul do Espírito Santo), com 86,06 pontos. Em canéfora fermentada, o prêmio foi para Poliana Perrut de Lima, da Chácara Paraná, Novo Horizonte D´Oeste (Matas de Rondônia), com 84,63 pontos.

Confira a lista completa de todas as categorias e vencedores do Coffee of The Year e do 5º Cupping de Cafés Especiais do Programa ATEG Café + Forte em: https://cutt.ly/yTbisBt

Semana Internacional do Cafe 2021 4

DEPOIMENTOS

Abaixo, algumas declarações de quem viveu a experiência: 

Patrocinadores

Para Taissara Martins, Gerente de Marketing e Sustentabilidade Cafés da Nescafé, participar como expositor / patrocinador foi importante “para levantar questões importantes para o produtor e para o consumidor, como a agricultura regenerativa, com olhar para a cafeicultura do futuro”, disse. “Foi muito proveitoso e tenho certeza que para todos os participantes também”, completou.

Guilherme Amado, Líder do Programa AAA da Nespresso no Brasil e no Havaí, destacou que de todas as edições que participou, “o mais legal é o ambiente criado e, mesmo acompanhando on-line, é possível ter a sensação de estar presente fisicamente”, comemorou.

Ronaldo Scucato, Presidente do Sistema OCEMG, disse: “A Semana Internacional do Café tornou-se um dos eventos mais importantes do país. Proporciona reflexões e debates, fomentando negócios deste que é o principal produto agrícola brasileiro. O ramo Agro, e em especial, o setor cafeeiro, tem grande representatividade no cooperativismo mineiro. As 53 cooperativas de café do Estado congregam 800 mil cooperados, em sua grande maioria pequenos produtores da agricultura familiar, que enxergam no cooperativismo uma forma eficiente de acesso a insumos, assistência técnica e crédito orientado.

Realizadores

Roberto Simões, Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), cargo que deixa neste ano, reforçou a essência democrática da SIC em prol do desenvolvimento do setor: “É um evento que abre espaço para micro e pequenos produtores, assim como atende as grandes marcas e fala diretamente com o varejo. Ao mesmo tempo em que valoriza raízes culturais, mostra novos caminhos e oportunidades”.

Para a secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Ana Valentini, a Semana Internacional do Café  deste ano teve um significado ainda mais especial. “A SIC 2021 foi excepcional. O brilho no olhar de cada um pelo reencontro, pela retomada de negócios e a troca de experiências foi muito intenso, além do cheiro delicioso de café se espalhando por estandes cada vez mais lindos. O que define esta edição da SIC é a emoção e também a esperança de que estaremos todos juntos em 2022.”

João Cruz, Diretor Técnico do Sebrae Minas, completa: “a SIC 2021 foi mais que uma oportunidade para reconectar o mundo do café. Foi uma celebração da resistência e da competência dos produtores e empresários do setor que conseguiram superar os momentos difíceis que passamos. Ela demonstrou que a iniciativa e criatividade tomaram o lugar das dificuldades. A surpresa foi grande. Corredores cheios e muita disposição para participar das atividades propostas pelo evento. Mas nada superou a vontade de conversar, perguntar e aprender”.

“O tema retomar, reencontrar, reconectar não poderia ser mais propício. O momento é de união de toda a cadeia do café para trazer soluções e potencializar inovações. Depois de uma edição 100% digital, a diferença de aprender presencialmente ou negociar frente a frente, olhos nos olhos, ficou ainda mais perceptível e foi muito celebrada. Estamos imensamente felizes com o resultado”, finalizou Caio Alonso Fontes, Diretor da Café Editora.

Confira estes e outros depoimentos na íntegra em: https://cutt.ly/uTbk2iR



SOBRE A SIC

A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), da Café Editora, do Sebrae e do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa).

Realizada desde 2013 em Belo Horizonte, capital do maior estado produtor do país, a SIC tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais para o consumidor interno e países compradores, além de potencializar o resultado econômico e social do setor. Em 2020, primeiro ano da pandemia, a SIC 100% Digital foi um grande sucesso. Teve 25 mil acessos, de 58 países e mais de 70 horas de conteúdo e 176 palestrantes com grande relevância no mercado nacional e internacional.

PATROCINADORES
A edição deste ano contou com patrocínio Nescafé, Nespresso e Sistema Ocemg (máster); Sicoob, 3Corações Rituais e Ball Corporation (specialty), Melitta (premium), Yara, Mosaic Fertilizantes, QIMA/WQS e Banco do Brasil (standard).

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes