Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo


Atenção para a biosseguridade e olho vivo para os sintomas de doenças e o cumprimento da legislação sanitária. A importância do trabalho em parceria entre entidades públicas e privadas para manter o produtor bem informado e o rebanho seguro foi uma das principais conclusões do Seminário de Defesa Agropecuária Integrada, que reuniu cerca de 200 pessoas nesta quinta-feira (16) na Escola de Veterinária da UFMG, em Belo Horizonte.

A febre aftosa e a iminente retirada da vacinação foram tema central do encontro. “A mudança promete um novo patamar à produção brasileira de carne”, lembrou o presidente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/Sindicatos, Antônio de Salvo, durante a abertura.

Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo - SENAR MINAS

Ao longo de nove palestras, os participantes acompanharam mais detalhes sobre as principais doenças que podem acometer os animais de produção e como identificá-las e notificar. Os palestrantes também ressaltaram o impacto econômico que rebanhos doentes podem ter no mercado – nacional e internacional. Planos regionais e nacionais para contenção e erradicação dessas enfermidades, fitossanidade e legislação ambiental também foram pautas do dia de debates.

O encontro, promovido pelo Sistema FAEMG e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) foi o primeiro de uma série de seis seminários sobre o tema – os próximos serão feitos em diferentes regionais de Minas. O objetivo é fortalecer a atuação conjunta das iniciativas públicas e privadas para que mais profissionais estejam aptos a reconhecer problemas e, desta forma, contribuir para a vigilância sanitária no campo.

Trabalho conjunto

“A presença da febre aftosa dá um status negativo a toda nossa cadeia produtiva. Estamos prontos para nos livrar desta enfermidade ano que vem. Precisamos trabalhar juntos; o estado fazendo sua parte e a iniciativa privada também. Só assim vamos conseguir avançar. É preciso uma vigilância constante dentro das propriedades. Temos a capacidade de continuar sendo o maior produtor e exportador de carne do mundo, e ainda nem começamos a trazer toda a tecnologia que a agricultura tem para dentro da pecuária. Quando isso acontecer, vamos ter carne boa, barata e de qualidade e, podem ter certeza, livre de aftosa sem vacinação” – Antônio de Salvo, presidente do Sistema FAEMG.

Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo - SENAR MINAS

“Hoje, a prioridade está na retirada da vacina contra febre aftosa. O IMA tem feito seu papel, graças aos servidores e às parcerias com as entidades privadas. Isso vai abrir mercado e gerar segurança. Vai mostrar para o mundo inteiro que o serviço veterinário brasileiro é robusto e tem condições de conduzir isso. Já somos área livre de várias doenças, mas essa parceria fundamental entre setor público e privado é que fortalece todo o sistema. Esse é só o primeiro evento – vamos buscar parcerias para estarmos cada vez mais próximos do produtor, porque ele ainda não entende, na sua plenitude, a importância da defesa agropecuária. Queremos o entendimento para que o nosso setor fique sempre na prateleira de cima” – Thales Fernandes, diretor-geral do IMA.

“Estamos caminhando junto com parceiros de longa data a favor da agropecuária brasileira. Esse seminário remete a parceria, colaboração, coparticipação. A possibilidade dessa integração de agentes da iniciativa privada, que atuam no campo junto com o produtor, com ações da vigilância sanitária e defesa agropecuária, com certeza vai mudar o patamar dos nossos programas sanitários. A oportunidade de diálogo que está sendo colocada aqui possibilitará esclarecimentos e explicações, mas também os desafios para que essas medidas sejam implementadas no campo” – Zélia Lobato, diretora da Escola de Veterinária da UFMG.

Benefícios na ponta

“Como técnica, esse evento vem reforçar cada vez mais a importância dos controles a serem realizados na propriedade, o que reforça para levarmos as informações para o produtor e contribuir para que elas sejam realizadas” – Laurita Letícia Oliveira – zootecnista, supervisora do Programa ATeG Balde Cheio.

“Vejo esse evento como um marco histórico e muito importante na parceria entre iniciativa privada e setor público. Todas essas palestras técnicas vêm colocar para os profissionais da iniciativa privada nosso trabalho de fiscalização do dia a dia no campo, e é fundamental que essa informação se dissemine cada vez mais para podermos fazer um trabalho cada vez mais próximo do produtor rural” – Felipe Almeida – engenheiro agrônomo, coordenador regional do IMA em Almenara.

Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo - SENAR MINAS

Notifica IMA

O Seminário de Defesa Agropecuária Integrada também marcou o lançamento do aplicativo Notifica IMA – uma ferramenta que funciona via WhatsApp e facilitará a notificação de doenças de forma mais célere e mais inteligente, mais econômica, como disse a diretora técnica do IMA, Cristiane Almeida.

A secretária estadual de Agropecuária, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, participou do lançamento do app. “O setor está crescendo muito, as modificações no agro são muito dinâmicas e é preciso um esforço de mudança de procedimento, de entendimento do próprio produtor rural da necessidade das novas exigências. Esse aplicativo vai ajudar mais ainda todo esse projeto de trazer mais eficiência ao setor agropecuário”, disse.

Seminário em BH: parcerias fortes são a chave para a sanidade no campo - SENAR MINAS
Lançamento do Notifica IMA – a partir da esquerda: Bruno Divino; Coronel Henrique; Zélia Lobato; Ana Valentini; Thales Fernandes; Altino Rodrigues Neto

| Realização

O Seminário de Defesa Agropecuária Integrada foi realizado pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES/Sindicatos e pelo Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA, em parceria com a Escola de Veterinária da UFMG e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Também compareceram ao evento o deputado estadual Coronel Henrique, vice-presidente da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais; o deputado estadual Antônio Carlos Arantes; o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais, Bruno Divino Rocha; o superintendente do SENAR MINAS, Christiano Nascif; e o superintendente federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Marcílio de Sousa Magalhães.

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes