SENAR MINAS lança curso de Gestão da Conversão Orgânica da Propriedade

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

SENAR MINAS lança curso de Gestão da Conversão Orgânica da Propriedade


O curso piloto Gestão da Conversão Orgânica da Propriedade foi promovido em Juiz de Fora em uma parceria do Sistema FAEMG/SENAR/INAES e o Sindicato dos Produtores Rurais do município. O evento, mobilizado por Andreia Aparecida Barbosa Vinha Fonseca, reuniu dez participantes em uma granja na Fazenda do Tanque, em Valadares, bairro rural de Juiz de Fora. Com 24 horas de aula, o curso foi conduzido pelo instrutor Rafael Paiva Izidoro.

“A demanda surgiu em função do colegiado estadual de produção orgânica porque os produtores têm muita dificuldade para redigir o Plano de Manejo, documento exigido pela norma, o que dificulta a transição de forma completa. Tal dificuldade impacta na entrada no mercado de orgânicos e na busca de certificação, seja ela por auditoria, participativa ou participar de uma Organização de Controle Social (OCS)”, explicou o instrutor.

O treinamento abordou a comparação entre agricultura orgânica e convencional, os conceitos nos quais todas as linhas de agricultura orgânica e de agroecologia estão baseadas e as normas de produção orgânica. “O grande objetivo do curso é conseguir preparar, de forma conjunta, o Plano de Manejo da propriedade onde ocorreu o evento, treinando com cada participante o raciocínio para que possam colocar em prática em suas propriedades”.

SENAR MINAS lança curso de Gestão da Conversão Orgânica da Propriedade - SENAR MINAS

De acordo com o instrutor, logo após o curso piloto, o conteúdo passou por uma reformulação. “Já estamos buscando pela segunda turma. Cabe destacar que o curso Gestão da Conversão Orgânica da Propriedade vai contar também com aulas virtuais. O conteúdo está sendo preparado para isso”.

Avaliações

“O curso é de fundamental importância para todo agricultor que queira fazer a sua produção orgânica, pois, por meio do conhecimento passado pelo instrutor Rafael e da leitura das leis, conseguimos entender com mais facilidade um tema que, para mim, era bem denso. Pude ver que posso ter o meu certificado com um trabalho objetivo e constante por meio de etapas dentro do sítio. Por exemplo, se eu tenho uma propriedade onde todos os requisitos de uma horta estão dentro do sistema orgânico, e tenho, também, uma criação de galinha, que são alimentadas com as sobras da horta, posso fazer um planejamento a longo e médio prazo sem onerar e conseguir o certificado para os ovos que produzimos no sítio também. Cito isso porque a maioria dos participantes não tinha esse entendimento. Pensávamos que, por ser trabalhos distintos, muita coisa seria cobrada à parte.” – Alexandre Ferraz, produtor rural

“O curso foi excelente. Pude conhecer mais sobre a lei e entender os procedimentos.” – Antônio Neves de Campos, participante, técnico agrícola, vice-presidente da Associação de Apicultores e Meliponicultores de Juiz de Fora e Região

“Depois da minha aposentadoria como professora, virei agricultora para auxiliar meu filho. O curso foi excelente. Destaco o trabalho do instrutor Rafel, capacitado, experiente e dedicado.” – Irani Sena, produtora rural do Campo Regenerativo Fazenda Jacob, em Barbacena

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes