Uqbar Day 2021: CNA promove debate sobre investimentos no agro brasileiro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Uqbar Day 2021: CNA promove debate sobre investimentos no agro brasileiro


Brasília (16/09/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu, na quarta (15), durante o Uqbar Day 2021, um debate sobre as oportunidades de investimentos na agropecuária brasileira e a necessidade de crédito de médio e longo prazo para o setor.

A CNA é uma das patrocinadoras do evento virtual, que discute temas de relevância do mercado de securitização.

O diretor técnico da Confederação, Bruno Lucchi, conduziu o painel, que teve como assunto principal o investimento nos segmentos de bioinsumos, conectividade e armazenamento.

Na abertura do encontro, Lucchi afirmou que os produtores rurais já adotam diversas práticas sustentáveis no campo e a utilização e produção de bioinsumos é uma delas. Sobre a conectividade, o diretor técnico disse que apesar de a tecnologia ser a base do crescimento da produção agropecuária brasileira, mais de 70% dos estabelecimentos rurais do país não têm conectividade ou cobertura da área.

Com relação à capacidade estática de armazenagem, Bruno informou que o Brasil possui déficit de mais de 85 milhões de toneladas de grãos e apenas 16% da capacidade instalada está nas propriedades rurais.

Segundo o superintendente comercial da Kepler Weber, João Tadeu Franco, muitos produtores têm transformado as áreas de pastagens em lavouras, o que tem demandado suporte de armazenagem. “A produção cresce mais rápido do que as unidades de armazenamento”.

Para Tadeu Franco, o investimento privado é uma alternativa para o setor obter recursos e zerar os números entre a capacidade de armazenamento e a produção agrícola. “O Fiagro é uma das ferramentas que pode ser utilizada para financiar essas estruturas”.

Já o secretário-adjunto da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura (Mapa), Cléber Oliveira Soares, falou sobre os desafios da conectividade no meio rural. “Apenas 25% do campo possui algum nível de conectividade, o que demonstra a importância e necessidade de se investir nesse segmento”.

De acordo com Soares, não existe transformação digital no campo sem conectividade. “Não adianta ter plataforma, sistema, aplicativo e máquina se não há conexão na maior parte das propriedades rurais do país”.

O secretário-adjunto disse ainda que o Ministério tem dialogado com atores do setor privado para mostrar a necessidade de investimento tanto para torres de conexão, quanto para satélites. “O uso de banda analógica no campo funciona muito bem. Os Estado Unidos utilizam com muita precisão. É uma tecnologia de baixo custo e que resolve alguns problemas do setor rural”.

Em sua exposição, o diretor de Novos Negócios da Agrivalle e Sócio Fundador da Gestora 10B, Edsmar Resende, destacou a importância de investimentos para o mercado de bioinsumos. “O mercado está crescendo, tem muita gente olhando para esse setor. Há espaço para avançar, mas não só para produtos biológicos. Existem diversas soluções e pacotes para a pecuária”.

Edsmar acredita que cada vez mais o produtor rural estará aberto para testar insumos biológicos. “A tendência é ele começar a usar em uma área teste e depois expandir. Existe um grande potencial nesse ecossistema”.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

Mais Notícias em Agronegócio

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes