Morre aos 62 anos o jornalista Octávio Tostes

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Arquivo pessoal

Morre aos 62 anos o jornalista Octávio Tostes


O jornalista Octávio Tostes, da Record TV, morreu neste sábado (31), aos 62 anos de idade, no Rio de Janeiro. Talentoso, colega admirado e amigo para todas as horas, Tostes não resistiu a uma parada cardíaca hoje de manhã. O comunicador era editor executivo do Jornal da Record.

Nascido no Rio de Janeiro em 7 de julho de 1958, Tostes se formou em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) em 1980.

Ainda no primeiro semestre da faculdade, começou a trabalhar no jornal Bip Jornal. Também passou pelo jornal Hora do Povo e pela COOPIM (Cooperativa dos Profissionais de Imprensa do Rio de Janeiro).

Depois de formado, Tostes começou a carreira com rápida passagem na reportagem da TV Bandeirantes do Rio de Janeiro. Em 1981, ingressou no jornal O Globo, ao exercer a função de copidesque da editoria de Esportes. Ficou no jornal até 1986, quando se transferiu para a revista Isto É, onde ficou de dezembro de 1986 até maio de 1987.

Em maio de 1987, Tostes ingressou na TV Globo, onde cumpriu as funções de chefe de reportagem da editoria Rio de Janeiro, além de editor do Jornal da Globo, Jornal Nacional e Globo Repórter.

Tostes tem no currículo a participação em grandes coberturas, como as eleições presidenciais de 1989, a Guerra do Golfo e a Eco-92.

Também colaborou com a emissora americana CNN, na produção de um programa internacional em 1994. Depois de se desligar Globo, trabalhou na Copa do Mundo de 1994 como freelancer, e nas TVs SENAC e Cultura.

De 1997 a 1999, passou a trabalhar na CBS Telenotícias do Brasil, um canal em português montado pela CBS e com contrato de prestação de serviço com o SBT.

Em 1999, voltou ao Brasil assumiu a coordenação do Jornal Nacional em São Paulo.

No início dos anos 2000, passou a exercer o cargo de gerente de conteúdo da Globo.com, onde permaneceu até junho de 2001. Também passou por empresas como TV Gazeta, AOL Brasil, Rede Amazônica – afiliada da Rede Globo que transmite para os estados do Amapá, Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas. 

Entre 2007 e 2009, tornou-se consultor da editora Conteúdo Editorial, de São Paulo, especializada em Tecnologia da Informação.

Desde 2011, trabalhava como coordenador e editor de telejornais da Record TV.

Arquivo pessoal
Fonte: R7

Mais Notícias de BRASIL

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes