Operação Snake: amigo de jovem picado por naja é preso no DF

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Ivan Mattos/Divulgação/Zoológico de Brasília

Operação Snake: amigo de jovem picado por naja é preso no DF


.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu nesta quarta-feira (22) um estudante de medicina veterinária que é amigo do jovem picado por uma cobra naja no início do mês e teria ajudado o estudante a esconder serpentes.

O novo investigado é suspeito de integrar esquema criminoso voltado à prática de crimes ambientais, segundo a polícia, que batizou a operação desta quarta de “Snake”, que significa cobra, em inglês.

O mandado de prisão foi expedido após representação da autoridade policial, tendo em vista a existência de indícios de que o alvo dessa fase da operação estaria tentando, desde o início da investigação, obstruir as diligências realizadas pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Investigação

O Ibama (Instituto Nacional do Meio Ambiente) informou que multaria em R$ 61 mil o estudante de veterinária Pedro Henrique Krambeck, de 22 anos, picado pela cobra naja que criava ilegalmente no Distrito Federal. O motivo da autuação seria a prática de maus-tratos e a manutenção de serpentes nativas em cativeiro sem autorização.

Padrasto de estudante picado por naja é suspeito de atrapalhar polícia

A polícia suspeita que Pedro faça parte de uma rede de tráfico internacional de animais. O caso começou a ser investigado após o acidente. Pedro recebeu alta seis dias após ser picado e ficar eme stado grave. 

Ivan Mattos/Divulgação/Zoológico de Brasília
Fonte: R7

Mais Notícias de BRASIL

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes