Início BRASIL

STF autoriza que ex-presidente Lula seja entrevistado

COMPARTILHAR
Lula está preso desde o dia 7 de abril de 2018 (Ueslei Marcelino/Reuters - 1º.06.2017)

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quinta-feira (18) a liminar que impedia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas na prisão.

A determinação é válida para todos os veículos de comunicação que pediram para conversar com Lula dentro da Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba, onde o petista encontra-se detido há mais de um ano.

Lula cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão imposta pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

“Nos termos do art. 485, inciso VI, do Código de Processo Civil, julgo extinta a presente suspensão de liminar. Ficam prejudicados, ademais, os agravos regimentais manejados por terceiros”, determinou Toffoli.

Antes da autorização atual, a autorização para que Lula concedesse entrevistas de dentro de sua cela havia sido barrada duas vezes após a permissão assinada pelo ministro Ricardo Lewandowski.

A primeira negativa foi tomada pelo ministro Luiz Fux, que atendeu a um pedido liminar feito pelo Partido Novo. Posteriormente, em outubro do ano passado, foi a vez do próprio ministro Dias Toffoli suspender a determinação de Lewandowski.

(Fonte: R7)

Mais Notícias do Brasil e do Mundo

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área para comentários
COMPARTILHAR