Turismo gerou mais de 38 mil vagas de emprego em setembro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Turismo gerou mais de 38 mil vagas de emprego em setembro


O setor de turismo gerou mais de 38 mil vagas de emprego formal durante o mês de setembro. O número foi registrado pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência. O índice representa cerca de 12,5% do total de vagas criadas em todo o país (313.902) no mesmo período. O destaque vai para os segmentos de hospedagem e alimentação que, juntos, geraram mais de 80% dos empregos do setor.

De acordo com o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, os números são fruto de um trabalho alinhado do Governo Federal para o desenvolvimento e a retomada do turismo brasileiro. “Com o retorno da procura dos brasileiros por viajar, estamos vendo um mercado cada vez mais aquecido e com potencial para a geração de emprego e desenvolvimento. Estamos trabalhando firme, com o avanço da vacinação e com a adoção de protocolos sanitários, para que esses dados cresçam cada vez mais”, destacou.

Analisando os números por região, o Sudeste e o Nordeste foram os que mais geraram empregos em setembro: 20,3 mil e 8,1 mil, respectivamente. Juntos, eles foram responsáveis por mais da metade do total de ocupações no setor. Em ambas as regiões, os segmentos de hospedagens e alimentação foram os responsáveis por puxar a alta no mês.

O ministro do Trabalho e Previdência, Ônix Lorenzoni, destacou os bons números do setor e o potencial que o turismo tem para a economia brasileira. “Várias áreas turísticas estão com reservas esgotadas e é importante destacar que essa é uma área da atividade formal que tem que ser olhada com atenção, porque tem potencial de crescimento enorme no nosso país”, disse.

MEDIDAS 

Desde o início da crise sanitária de Covid-19, o Ministério do Turismo vem adotando uma série de ações em prol da manutenção de empregos e empresas do setor. Entre elas, a liberação de R$ 5 bilhões em linhas de crédito para os estabelecimentos que foram afetados; a formulação de Medida Provisória que regulamentou o cancelamento e remarcações de pacotes turísticos e eventos culturais; além da distribuição de R$ 3 bilhões a estados, municípios e Distrito Federal para ações emergenciais na área de cultura.

CAGED

Instituído em janeiro de 2020, o Novo Caged gera estatísticas do emprego formal por meio de informações captadas dos sistemas eSocial, Caged e Empregador Web. A metodologia adotada visa assegurar a qualidade e a integridade das estatísticas do emprego formal durante a transição dessas fontes de captação de dados.

Com informações do Ministério do Turismo

 

Fonte: Brasil.gov

Mais Notícias de BRASIL

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes