Ford aponta para os perigos do uso de fones de ouvido no trânsito

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Ford aponta para os perigos do uso de fones de ouvido no trânsito


source
Quem dirige com fone de ouvido está sujeito a multa de R$ 130,16 e de sofrer um acidente de trânsito
Reprodução

Quem dirige com fone de ouvido está sujeito a multa de R$ 130,16 e de sofrer um acidente de trânsito

Os fones de ouvido podem ser até ótimos para relaxar ou aproveitar o tempo ouvindo música ou podcasts, mas quando se está trafegando pelas ruas, não importa se está a pé ou de carro, é uma condição extremamente perigosa.

Um estudo realizado pela Ford na Europa por meio da criação de um aplicativo com som “8D” Share The Road: Safe and Sound apontou que o tempo de reação em situações potencialmente perigosas, como ao dirigir, andar de bicicleta, caminhar ou andar de scooter com fones de ouvido foi de 4,2 segundos mais lento ao identificar e responder a um perigo na rua ao ouvir música.

Entre os mais de 2.000 participantes de toda a Europa, o teste do aplicativo compatível com smartphone desses voluntários consistiu em uma rua virtual imersiva idealizada para medir o impacto dos fones de ouvido. Dessa maneira, eles foram avaliados em suas capacidades de reagirem a sinais sonoros nas ruas altamente realista como uma ambulância se aproximando por trás, por exemplo.


A maioria dos participantes disse que usa fones de ouvido quando está no trânsito. Entre as 56% das pessoas que relataram ter se envolvido em um quase acidente ou acidente, 27% usavam fones de ouvido na ocasião.

Antes da experiência, 44% das pessoas disseram que não usariam fones de ouvido no trânsito. Depois, 58% se comprometeram a nunca mais usá-los – um aumento de 31%.  É possível testar o  aplicativo da Ford no celular. Vale lembrar que dirigir com fone de ouvido no Brasil é infração média , com multa de R$ 130,16, além de quatro pontos na CNH.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes