Crédito para pescadores terá impacto direto na pobreza, diz Caixa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
© Valter Campanato/Agência Brasil

Crédito para pescadores terá impacto direto na pobreza, diz Caixa


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou hoje (12), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, que acredita que as linhas de crédito liberadas para pesquenos pescadores terão impacto significativo na redução da pobreza em áreas litorâneas e em bacias hídrográficas em todo o Brasil.ebcebc

“Temos mais de R$ 20 bilhões em linhas para oferecer. Estimamos um milhão de pescadores [no Brasil], em especial os mais carentes”, declarou Guimarães, que comparou o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ao programa Casa Verde e Amarela, que viabiliza a aquisição de habitações populares a juros reduzidos.

Pedro Guimarães informou que as linhas de crédito serão disponibilizadas em duas modalidades diferentes, sendo uma de curto prazo – chamada de custeio -, e uma a longo prazo, chamada modalidade de investimento. As taxas ofertadas pelo banco começam em 3% de juros ao ano – menor índice entre todas as modalidades de empréstimo -, e até R$ 250 mil.

“Vamos revolucionar o setor. O Brasil, um dos maiores produtores agrícolas do mundo, importa peixes. O que pode acontecer? Uma revolução”, disse Guimarães sobre o impacto da abertura de crédito para pequenos pescadores.

O presidente do banco também falou sobre os impactos ambientais que o programa deve trazer, já que permitirá maior rentabilidade de atividades menos invasivas ao meio ambiente. “Muitas vezes, as pessoas acabam queimando madeira para fazer lenha, o que rende R$ 0,20 para o saco de 10 quilos. Se ela participar da criação de peixes, vai ganhar 20 vezes mais. E com isso estará [em uma situação] de preservação da natureza”, complementou.

Assista na íntegra:

Veja também:

Caixa abre linha de crédito específica para pescadores artesanais

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira (12) o lançamento de uma nova linha de crédito voltada a pescadores artesanais enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
» Leia mais

Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC

A pandemia de covid-19, a elevação do preço global das commodities (bens primários com cotação internacional) e a crise hídrica foram responsáveis pela inflação estourar o teto da meta, justificou ontem (11) o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto.
» Leia mais

*Matéria em atualização.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Mais Notícias de ECONOMIA

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes