O que analisar antes de concretizar a compra de um imóvel

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
imóvel, compra,
Texto: Ana luiza (Imagem: freepik)

O que analisar antes de concretizar a compra de um imóvel

Quem dera se comprar os imóveis à venda em SP fosse tão simples quanto escolher o jantar pelo serviço de delivery, não é mesmo? A boa notícia é que existem maneiras de você adquirir o seu imóvel, seja para morar ou como um investimento, com segurança.

A escolha certeira motiva alegrias, qualidade de vida e até lucro no futuro. Aquele esforço a mais que você faz em pesquisar as diversas alternativas do mercado será recompensado.

Quer acertar na compra do imóvel? Então, leia o artigo com as nossas dicas valiosas sobre o que analisar antes de concretizar a compra de um imóvel.

Boa leitura!

Considere a localização do imóvel

Comprar um imóvel que vá dificultar a rota do seu trabalho, o caminho para a escola dos seus filhos e a mobilidade em geral, decorrente de ruas estreitas, trânsito pesado, entre outros fatores, não favorece em nada. Mesmo que o imóvel custe mais barato, você precisa ficar atento à sua localização. No final do mês, o custo com deslocamentos pode não compensar, sem contar o estresse.

Não esqueça de dar algumas voltas pelas ruas próximas. Veja se há supermercado, padaria, farmácia, posto de combustível, salão de beleza e outros pontos interessantes para a comodidade da família. Se preferir, use os aplicativos de busca.

Lembre-se também, de conhecer mais sobre a segurança do bairro. Converse com a vizinhança e pesquise os índices de violência na região.

Avalie o preço, sem esquecer os custos de moradia

Tome cuidado para não comprar um imóvel pela emoção ou pelo preço mais baixo, sem analisar os custos dele. Na hora de  buscar um apartamento em São Paulo, por exemplo, muita gente não avalia direito se os valores das prestações não vão sufocar o orçamento da família, se as taxas de juros são justas ou o longo período em que as finanças podem ficar comprometidas. Não deixe de levantar esses pontos, certo?

O custo do condomínio é outro item que você deve saber. Os elevadores, área de lazer, limpeza, além de outros serviços, geram custos todos os meses. Esteja atento, pois essa “surpresa” costuma desagradar aqueles compradores mal-informados.

Confira bem o tamanho do imóvel

Lembra que mencionamos a qualidade vida? Você e os demais moradores do imóvel merecem todo o conforto. Leve em conta a rotina da família, o número de pessoas, os animais de estimação (se tiver) e, claro, o futuro: há possibilidade de a família aumentar?

Avalie as vantagens e desvantagens dos imóveis pequenos e dos imóveis maiores, de acordo com as suas necessidades. Um imóvel menor, fica mais tranquilo para limpar. Por outro lado, se você gosta de receber visitas, imóveis maiores comportam mais gente.

Observe a iluminação natural

A incidência de luz solar é essencial, sabia? Se sim, está sabendo legal que a luz natural proporciona conforto, ajuda na saúde mental e na produtividade, deixa o ambiente mais alegre, economiza energia e ainda combate o surgimento de ácaros e aquele mofo indesejado.

Para conferir se o imóvel tem boa incidência de luz solar, é bem simples:

  • use aplicativos que mostram a posição do sol, além da lua durante a noite;
  • veja onde estão as janelas, uma vez que a incidência de sol é maior quando a posição delas está voltada para o norte;
  • vá até o imóvel em horários diferentes, com o intuito de observar melhor os períodos de incidência do sol;
  • dê aquela conferida nas paredes dos corredores, escadas e outros pontos do condomínio, ou da casa. Se houver umidade, pode ser um sinal de alerta.

Confira com atenção os documentos do imóvel

A burocracia faz parte do negócio, porém, ela não precisa virar uma dor de cabeça depois que tudo está acertado. Leia atentamente o contrato e, se precisar de ajuda, chame um advogado ou mesmo um corretor de sua confiança. Além disso, não sinta receio em fazer perguntas. É bem melhor perguntar agora, do que se culpar por um negócio mal feito.

Confira a documentação, solicitando:

  • matrícula do imóvel;
  • certidão de IPTU;
  • certidão de tributos municipais;
  • declaração de inexistência de débitos condominiais.

Peça também, a documentação de quem está lhe vendendo o imóvel. Deste modo, você pode comprovar a idoneidade do vendedor.

Não caia na tentação de anúncios fora da realidade

No mercado imobiliário, como acontece em outras áreas, existem empresas comprometidas com o cliente e outras nem tanto assim. Por isso, tome cuidado para não fazer uma compra por impulso, sem analisar tudo o que você leu neste artigo.

Em alguns casos, aquele anúncio de casa à venda em SP, que lhe chamou a atenção pelo preço muito abaixo do mercado, pode esconder alguma armadilha. Pesquise!

Agora que você tem informações valiosas para comprar o seu imóvel, considere-se mais seguro. No entanto, em caso de dúvidas, procure ajuda especializada para garantir um negócio que trará muitas alegrias para você e sua família.

O conteúdo lhe ajudou? Compartilhe para que mais pessoas se sintam seguras na hora de comprar um imóvel.

#imovel #compra #venda

Mais Notícias de Economia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes