Âncora da CNN interrompe entrevistado que incentivou a cloroquina: “Desserviço”

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Âncora da CNN interrompe entrevistado que incentivou a cloroquina: “Desserviço”


source

A âncora da CNN estadunidense Brianna Keilar, que comanda o programa “CNN Right Now”, entrevistava Tim Maurtugh, assessor do presidente Donald Trump, quando interrompeu o convidado ao vivo. O entrevistado estava defendendo o uso da hidroxicloroquina para tratar a Covid-19 quando a jornalista falou: 

entrevista na CNN
Reprodução/Twitter

Âncora da CNN interrompe assessor de Donald Trump que defendia uso da hidroxicloroquina

“Você falando sobre a hidroxicloroquina, eu acho que você está fazendo um desserviço para a saúde dos americanos.  Você vem aqui e falar sobre como esse é um bom tratamento, quando os médicos falaram ‘não, não é’ e estudos foram cancelados”, a jornalista argumentou. 

Entretanto, Tim não aceitou ser contrariado e continuou defendendo o medicamento, afirmando que ele é seguro porque é usado há 65 anos. Nesse momento, a funcionária da CNN teve que interrompê-lo novamente. “É um remédio anti-malária, não para pessoas que estão morrendo”, Brianna rebateu.

“Tim, acho que você está fazendo um desserviço real para os americanos. Eu só quero ser clara para todos, nós falamos com médicos e especialistas, inclusive com especialistas do governo federal. Isso não é algo com o qual você quer brincar, estudos foram cancelados porque a coisa é perigosa”, ela reforçou.

O assessor de Trump continuou defendendo a cloroquina e a jornalista decidiu encerrar a entrevista. “Essa conversa acabou. Eu acho que você está confundindo a situação e não está sendo útil para a saúde de ninguém”, Brianna falou e logo em seguida chamou ao vivo o médico James Phillips, para falar responsavelmente sobre o remédio.

O médico criticou o que estava sendo dito na entrevista por Tim. “Nós precisamos tirar a loucura e a política disso. A hidroxicloroquina não foi comprovada como segura ou eficaz no tratamento dessa doença”, ele declarou. O médico ainda lembrou que remédio “pode causar doenças sérias, pode causar problemas para o coração”.

Aqui no Brasil, o caso repercutiu e o youtuber Felipe Neto comentou o ocorrido. “Não sou eu quem deve ensinar à CNN Brasil como fazer bom jornalismo, mas acho que a própria CNN pode ensinar”, ele escreveu no Twitter elogiando o posicionamento da âncora americana.


Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes