Conselho de Educação Física acusa Claudia Raia de exercício ilegal da profissão

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Conselho de Educação Física acusa Claudia Raia de exercício ilegal da profissão


source

Claudia Raia foi denunciada ao Conselho Regional de Educação Física (CREF1) por atuar irregularmente na função de educador físico em vídeos compartilhados em suas redes sociais.

profissão, Claudia Raia, Educação Física
Divulgação/Instagram/Reprodução

Conselho de Educação Física acusa Claudia Raia de exercício ilegal da profissão



A instituição diz ter protocolado uma notícia crime por exercício ilegal da profissão junto ao Ministério Público Estadual. No documento, ao qual a coluna teve acesso, o CREF1 afirma ter recebido diversas denúncias no mês março deste ano, que apontavam que a atriz estava prescrevendo exercícios físicos em sua página no Instagram.

O órgão fiscalizador ainda descreve alguns dos vídeos da artista citados na denúncia: “Como se comprova através dos links, a denunciada começa o vídeo explanando que está iniciando com um aquecimento que pode ser realizado de qualquer jeito por quem está acompanhando.


Cita como exemplo: pular corda, ou com um deslocamento frontal e lateral, que nada mais é do que uma corrida pra frente e pra trás ou de um lado para o outro e polichinelos.”

A notícia crime também aponta que “a atriz orienta que vai realizar exercícios de mobilidade com o objetivo de “soltar” as articulações e com isso facilitar a realização dos exercícios posteriores prescritos; durante a execução, ela demonstra exercício de alongamento dos membros inferiores e coluna vertebral e explica sobre a preservação de respeitar a curvatura da coluna vertebral.”

O CREF alega que tem tido dificuldade de fiscalizar o exercício ilegal da profissão de educador físico, por conta da nova modalidade de atuação dos infratores nas redes sociais.


“Muito embora os esforços desta Autarquia Federal no combate ao exercício ilegal de profissão, contravenção penal prevista no art. 47 da LCP, essa nova modalidade de infração por meio de ambientes virtuais, softwares e comercialização de programas de treinamentos por pessoas não habilitadas tem sido uma crescente e tem dificultado a efetiva fiscalização por parte do CREF1.”

Procurada, a assessoria de Cláudia Raia não retornou o contato até o fechamento desta matéria.


Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes