‘Eu não tô vivendo, eu tô exisindo’, diz Pamella Holanda, agredida por DJ Ivis

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

‘Eu não tô vivendo, eu tô exisindo’, diz Pamella Holanda, agredida por DJ Ivis


source
Pamella Holanda se emociona ao relembrar agressões
Glovo/Reprodução

Pamella Holanda se emociona ao relembrar agressões

No último domingo (11), Pamella Holanda usou as redes sociais para denunciar seu marido, o famoso DJ Ivis, de agredí-la , expondo vídeos e fotos. Hoje (18), em entrevista ao “Fantástico”, da Globo, Pamella falou mais sobre o relacionamento, as agressões e o que tem vivido desde que decidiu denunciar.

“Eu quero ver como é que vai ser minha vida quando eu voltar a viver, porque esses dias eu nao tô vivendo, eu tô existindo”, começou ela.

Pamella revelou que as agressões começaram faz tempo: “Quando comecei a morar com ele , ele já começou a me agredir. Começou verbalmente: palavrão, grosserias”. Depois relembrou a primeira agressão física. “Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá”, disse.

Em outubro de 2020, Pamella deu à luz a filha do casal, mas as agressões não pararam, pelo contrário. Foi quando ela decidiu filmar e guardar as gravações das agressões que aconteciam no apartamento de luxo onde moravam juntos.

Você viu?

A arquiteta também contou sobre a última agressão que sofreu, no dia 1º de julho. O DJ tinha chegado de uma viagem e Pamella decidiu confrontá-lo sobre uma desconfiança de traição, quando ele chutou e socou as costas dela e chegou a da um chute no seu olho, deixando um roxo. 

“Desci umas 10h, quase 11h para poder fazer o leite dela e já começou a discutir. A funcionária dele também estava na hora na cozinha. Foi na hora que ele pegou uma faca na gaveta da cozinha. A funcionária dele foi e segurou braço dele”, contou.

Após mais esse acontecimento, Pamella decidiu pôr fim na relação e foi até a portaria do condomínimo pedir ajuda, mas não conseguiu. Teve que pedir para uma vizinha ligar para o 190. Segundo Pamella, os policiais foram ao local, conversaram com ela e o DJ Ivis, e orientaram para que os dois fossem para a delegacia.

A partir daí, Pamella registrou um B.O, fez corpo de delito e a polícia abriu dois inquéritos contra o artista.  No dia 14 de junho, DJ Ivis foi preso na região metropolitana de Fortaleza.

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes