Ex-mulher revela que André Gonçalves agrediu verbalmente a filha

Compartilhe

Ex-mulher revela que André Gonçalves agrediu verbalmente a filha


source
Tereza Seiblitz e André Gonçalves
Divulgação / Reprodução

Tereza Seiblitz e André Gonçalves

Mãe da filha mais velha de André Gonçalves, Tereza Seiblitz quebrou o silêncio e resolveu se pronunciar sobre a dívida de pensão de R$ 109 mil que o ator tem com Manuela Seiblitz, de 22 anos . Em resposta à crítica de um seguidor nas redes sociais, a atriz soltou o verbo ao afirmar que ele não paga pensão há dez anos e o acusa de ter agredido verbalmente a filha quando a jovem foi cobrar a dívida.

“Você não sabe o que está falando. Grosseiro e cruel como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. Para seu governo, o pai da minha filha, que fez 22 anos, não paga pensão há 10 anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso, o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: se não pode ajudar, não atrapalhe”, respondeu Tereza no Instagram.

Protagonista da novela “Explode coração”, a atriz viveu um relacionamento com André nos anos 90 e criou a filha deles, Manuela, sozinha. Nesta segunda-feira, Manuela Seiblitz usou as redes sociais para mandar uma indireta após o pai criticar a rigidez da lei que prevê prisão para quem não tem condições de pagar pensão. “Curiosidade do dia: Mais de 5,5 milhões de pessoas não têm pai no registro e cerca de 12 milhões de mães chefiam lares sozinhas no Brasil”, postou a jovem nos stories do Instagram.

Em entrevista ao O GLOBO, André falou da mágoa que sente por não ter mais um bom relacionamento com as filhas e contou que foi bloqueado por elas nas redes sociais. Manuela assumiu o processo que a mãe movia contra ele na Justiça do Rio por uma dívida de R$ 109 mil referentes a pensões atrasadas. Além dela, a outra filha, Valentina, de 18 anos, do casamento de André com Cynthia Benini, cobra na Justiça uma dívida de R$ 13,5 mil, referente aos três meses de atraso na pensão de R$ 4,5 mil. Por conta da dívida, o atoe teve a prisão domiciliar decretada e terá que usar tornozeleira eletrônica. Há ainda uma outra ação, movida pela mãe de Valentina em São Paulo, que cobra mais de R$ 350 mil a André Gonçalves por falta de pagamentos anteriores à filha.

André lamentou o fato das filhas pedirem sua prisão por conta da dívida de pensão. “Elas viraram as costas para mim por dinheiro. Eu sei o pai que eu sou. Não sou bandido”, desabafou o ator”, afirmando não tem como pagar quase R$ 500 mil de dívida de pensão às duas filhas. “Vou parar a carreira. Não vou suportar ser preso. Não tenho R$ 350 mil e nem R$ 110 mil. Não tenho salário fixo nem contrato com ninguém. Não sou uma pessoa má. Nunca fui com eles. Um filho fazer isso com o pai… Elas levam uma vida de rico e querem que eu sustente essa vida de rico. A gente entrou na Justiça, tentou a revisão, tentou acordo com as mães, e não foi aceito. O que me dói é que vem lá no processo ‘pedido de prisão’ e quem assina é o filho”. André é pai ainda de Pedro, de 20 anos, do casamento com a atriz Myrian Rios. O rapaz é o único com quem o ator tem uma boa relação hoje. Ele recebe R$ 1 mil mensais de pensão.

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Compartilhe!
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes