Ilha Record: novo reality será recheado de brigas, elenco competitivo e poderes

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Ilha Record: novo reality será recheado de brigas, elenco competitivo e poderes


source
Ilha Record terá estreia dia 26
Reprodução/Record

Ilha Record terá estreia dia 26

Ilha Record está chegando! Com estreia marcada para o dia 26, às 22h45, o novo reality promete muita competição, brigas e até romance. Em entrevista coletiva, o diretor Rodrigo Carelli disse que não há nenhuma “planta” e que todos os participantes tiveram alguma espécie de conflito no jogo, mas longe dos conflitos normais, ele e  Sabrina Sato disseram que as brigas foram complexas.


“A gente foi muito feliz nesse time, acho que, sempre falo que uma das coisas mais importantes na hora da escolha do elenco, é procurar pessoas que querem competir. No caso desse programa, esse foco foi maior ainda, porque é um nível de competitividade que o programa exige, um pouco maior. Não tem o perrengue do local, mas o programa é um tiro curto, um mês e meio de competição em que muita coisa acontece, não são ciclos semanais normais”, disse Carelli. 

Você viu?

Sabrina Sato contou que os prêmios são divididos em três. “R$ 250 mil do público, em votação, R$ 500 mil da busca do tesouro e claro, prêmios em dinheiro”. Ou seja, quem for eliminado pode ganhar pelo menos parte do prêmio, pois ele não será inteiramente eliminado, ele irá para uma caverna chamada de exílio.

No exílio, os participantes eliminados poderão ver o que acontece na Vila e todas as mudanças de comportamento dos participantes restantes. Além disso, há o Guardião, que leva notícias que mudam o rumo de jogo. “O guardião é mais vilão, ele sempre leva uma notícia que pode até ser boa, mas sempre deixava uma tensão, ele é a conexão entre eles e o pessoal que está no exílio, porque quem tá no exílio pode decidir coisas. O guardião levava novidades da produção e também do exílio. Com isso, o tempo inteiro deixamos os participantes esperando uma novidade”, disse Carelli, que confirmou que é possível voltar do exílio para o jogo. 

“A coisa mais interessante é que eles vão poder ver tudo na vila. Quando a pessoa sai da vila e eles não sabiam que quem ia para o exílio poderia ver o que acontecia na vila, muita gente descobriu que as pessoas não eram verdadeiras, então castelos de cartas caem quando a pessoa vê falsidade e isso faz com que quem está no exílio decida por cartadas interessantes. É como se fosse o choque da pessoa que chega do reality ao ser eliminada, mas lá dentro, com a possibilidade de trazer reviravoltas”, contou o diretor. 

No Ilha Record, os participantes deverão passar por algumas provas, principalmente de resistência, na busca pelo prêmio final de R$ 500 mil. Os participantes devem estar em um bom condicionamento físico e mental. 

O reality, gravado em Paraty, Rio de Janeiro, não será sobre sobrevivência, e sim, voltado a resistência, uma espécie de ‘No Limite’ da Record. Segundo Carelli, o formato é diferente porque a “mecânica” do programa é bem fora do formato de ‘No Limite’. Em sua grande maioria, as provas vão ser no estilo ‘caça ao tesouro’. Espera-se que o reality alcance o mesmo sucesso que A Fazenda 12 teve no ano passado. 

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes