“Minha vida era um inferno”, diz Rico sobre viver com pai alcoólatra

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

“Minha vida era um inferno”, diz Rico sobre viver com pai alcoólatra


source
Adriane Galisteu e Rico, vencedor de 'A Fazenda13'
Divulgação

Adriane Galisteu e Rico, vencedor de ‘A Fazenda13’

Rico Melquíades, campeão de ‘A Fazenda 13’, não poupou detalhes ao contar sobre os momentos difíceis que passou na infância com o pai. Segundo o influenciador, ele batia na mãe e era alcoólatra. Em entrevista para o colunista Leo Dias, do Metrópoles, Rico contou que escondia facas de casa para evitar agressões. 

“Ele batia muito na minha mãe. Era alcoólatra. Bebia de oito da manhã às dez da noite. Era difícil ver meu pai sem beber. Eu e minha irmã tínhamos que esconder os garfos e as facas de casa para ele não furar minha mãe. Minha vida era um inferno”, disse. 

Leia Também

O pai de Rico se casou com outra mulher e um tempo depois, morto pelo enteado. O campeão conta como foi a sensação de perder o pai. “Não vou ser hipócrita. Fiquei triste quando assassinaram ele, mas não vou falar que me desesperei não”, disse. 

Rico contou que a família passou necessidade e que era humilhado na rua. “Gay, da periferia, não tinha uma roupa, a gente só tinha roupa no final do ano. Meu pai até tinha um dinheiro legal, mas não dava 10 centavos em casa. Minha mãe tinha que trabalhar de empregada doméstica para criar a gente”, contou. 

“A gente só não passava fome por causa da minha avó e pela pensão que minha mãe lutou na Justiça. Ela provou que a gente não tinha nada, mesmo casado com ela, meu pai teve que dar uma pensão para ela, de R$ 900, que dava diferença”, contou. 

Rico contou que o primeiro emprego dele foi na rede de fast food Mc Donald’s. “Minha vó até pagou curso de padeiro e confeiteiro, eu procurava emprego, ligava e pessoal nunca me dava oportunidade. Mas consegui um emprego lá e ganhava R$ 350 por mês. A rede no tempo, a gente ganhava por hora, mas era pouco a hora”, disse. Ele contou que pelo salário, pagou o primeiro celular e a faculdade de publicidade e propaganda. 

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes