Pétala Barreiros e os pais abrem ação por danos morais contra Lívia Andrade

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Pétala Barreiros e os pais abrem ação por danos morais contra Lívia Andrade


source
Lívia Andrade e Pétala Barreiros
Reprodução/Instagram

Lívia Andrade e Pétala Barreiros

A influenciadora Pétala Barreiros e seus pais, Eunice Barreiros e Altamir Barreiros, entraram com uma ação contra Lívia Andrade, atual namorada do empresário Marcos Araújo (dono do Villa Mix), ex-marido de Pétala. Nela, pedem que a apresentadora seja proibida de citar a família publicamente e uma indenização por danos morais no valor de R$ 100 mil, sendo R$ 50 mil destinados aos pais da influenciadora, devido às declarações de Lívia sobre o casal.

Em entrevista recente, entre outras acusações, a ex-apresentadora do “Fofocalizando” disse que Pétala e a mãe possuíam CPF falso e que o pai dela praticava roubos. “A ré (Lívia) atribui aos autores condutas criminosas graves, consistentes em ameaças de morte, perseguição, uso de documentos falsos e roubo, o que deve cessar imediatamente, dada a ofensa à honra e imagem dos autores. Ademais, não satisfeita com as graves acusações de prática de crime, narra ter sido envolvida em um plano de vida da família de Pétala, uma vez que teria lhes ‘roubado’ a ‘galinha dos ovos de ouro’ (referindo-se a Marcos Araújo), em campanha claramente difamatória e injuriosa nas redes sociais”, diz um trecho da petição inicial do processo.

E após toda a confusão envolvendo a realização do DNA do filho mais novo da influenciadora com o empresário Marcos Araújo, por conta da presença de Lívia Andrade no local do exame, Pétala reuniu seu time de advogados para entrar com um pedido de medida protetiva contra Lívia. Além disso, a influencer ainda solicitou a prisão preventiva do empresário por quebra de medida protetiva em vigor, por entender que a presença de Lívia e dos quatro seguranças de Marcos Araújo, que acompanhavam a apresentadora armados no local, seria uma forma de representá-lo para intimidá-la e constrange-la. No entanto, os pedidos foram negados pela juíza.

Lívia anunciou recentemente que irá se casar com o empresário e que já se considera como sendo da família. Este é mais um motivo para a defesa de Pétala solicitar a quebra da medida protetiva. “O fato de Lívia se posicionar publicamente como ‘família’ de Marcos a insere num impedimento da medida protetiva, ou seja, nem Marcos e nem seus familiares poderão se aproximar de Pétala. A prisão seria uma medida extrema, difícil de acontecer, mas se ele continuar com estes subterfúgios de intimidação ‘usando’ Lívia e seus seguranças, o juízo competente poderá tomar a medida mais drástica”, diz o criminalista Gil Ortuzal, advogado de Pétala.

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes