“Prefiro festa do pobre”, diz Simone sobre desconforto em “festa de rico”

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

“Prefiro festa do pobre”, diz Simone sobre desconforto em “festa de rico”


source
simone
Reprodução/Instagram

Sertaneja Simone, da dupla com Simaria

Em vídeo publicado no YouTube, Simone, da dupla com Simaria, falou que se sente desconfortável em participar de “festa de rico” na casa de alguns amigos. A sertaneja lembra as festas que participava na infância e diz que prefere “festa do pobre”. 

“Tenho uns amigos que têm a vida boa, primeiro começa pela casa em que eles moram. É um luxo, chiquérrima! Mordomo, 315 funcionários. Quando você vai comer, a mesa é taça não sei do que, faca, garfo, 500 petiscos… A gente começa a se encher de petisco e, na hora em que vai almoçar… Talvez o problema esteja em mim, que não tenho educação para comer aqueles petiscos”, relata. 

“O guardanapo, tem que abrir e botar em cima das pernas para ficar chique. A postura tem que ser diferente. Para não ser besta, vou dar uma dica: preste atenção no que os ricos estão fazendo para não cair na besteira de fazer errado. Eles inventam demais, e você se perde na hora de comer”. 

“Quem quiser me convidar para festa de rico, eu vou, mas acabo fazendo do meu jeito. Não estou nem aí! Quem quiser gostar de mim, que goste”, brinca. 

Em seguida, Simone fala que prefere festas mais simples e lembra os eventos que participava na infância. “Festa de pobre é bom demais! É a parte que eu mais gosto. Churrasco, farofa, salada de maionese, arroz, vinagrete, pimenta, refrigerante de todos os modelos e variedades, cerveja, alegria, música alta, conversa… O cabelo fica pura fumaça, a roupa fica pura fumaça, e comendo, e comendo, e comendo… e feliz!”, lembra. 

“É bom demais. É maravilhoso uma festa de pobre! Quando a gente se reúne aqui em casa, o sofá é bom, as coisinhas são boas, mas aqui o espírito é da minha infância. Eu como de colher, eu pego um pedaço de frango e como com a mão e não gosto de comer essas coisas chiques demais. E para disfarçar na hora que como uma coisa ruim do rico? Prefiro a festa do pobre. Minhas festas são assim. Sou mais feliz comendo de colher, com a mão e dançando forró”, brinca.

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes