Sergio Moro derrapa no português e diz que aumentará a pobreza do país

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Sergio Moro derrapa no português e diz que aumentará a pobreza do país


source
Sergio Moro voltou a derrapar no português em entrevista à Jovem Pan News
Reprodução/Jovem Pan News

Sergio Moro voltou a derrapar no português em entrevista à Jovem Pan News


Após virar piada nacional por conta de suas derrapadas no português, Sergio Moro voltou a falhar no seu conhecimento da língua utilizada no Brasil ao citar parte do plano de governo que anunciará na campanha eleitoral de 2022, já que ele pretende concorrer ao cargo de presidente da República. Ao citar um dos pilares, o ex-ministro de Jair Bolsonaro diz que trabalhará pela “radicação da pobreza”. Ou seja, ele quer fortalecer a pobreza no país.


Na entrevista que concedeu ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, na quarta-feira (15), Moro cometeu a gafe que passou despercebida pelos apresentadores do noticiário, e também por boa parte da audiência. Veja o que ele falou:

“Precisamos acabar com a reeleição para presidente da República, precisamos reconstruir o combate à corrupção e precisamos ter um programa nacional amplo, tanto na educação e na saúde, como também na radicação da pobreza”, disse o ex-ministro da Justiça.

É importante frisar que existem diferenças abismais entre “radicação”, palavra usada por Moro, e “erradicação”, termo que ele deveria ter empregado em seu discurso.

Leia Também

Quando um sujeito diz que pretende radicar alguma coisa, ele se refere à criação de raízes, fortalecimento e crescimento de seu objeto de análise. Portanto, quando Moro diz que irá “radicar a probreza”, ele está afirmando que a vida dos brasileiros ficará ainda mais difícil financeiramente caso ele venha a se tornar presidente da República.

O desconhecimento da língua é bastante perigoso para uma pessoa que pretende assumir o cargo máximo do Poder Executivo. Ainda mais quando se trata de um assunto tão sério, como a situação financeira dos brasileiros, que está em frangalhos.

Vale lembrar que em 2019, Sergio Moro deu duas derrapadas horrorosas no português e acabou virando motivo de piadas não somente na web como também em programas de humor da TV. Marcelo Adnet, que imita o ex-ministro, foi um dos que mais debocharam da situação.

Em um discurso na Câmara dos Deputados, em abril de 2019, Moro criou a palavra “conje” em vez de dizer “cônjuge”. E também errou na conjugação do verbo “vir” na seguinte frase: “[Se] a mulher, reagindo eventualmente, cometer algum excesso e não ‘vim’ a ser condenada como uma homicida por conta…”. O correto seria “vier”, e não “vim”, como disse o ex-ministro.

No vídeo abaixo, às 8h20 do relógio que aparece no CG do telejornal, você consegue ver a derrapada de Sergio Moro no português:


Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes