“Uma Cristina Rocha com Márcia Goldschimdt”, diz Sabrina sobre apresentar ‘Ilha’

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

“Uma Cristina Rocha com Márcia Goldschimdt”, diz Sabrina sobre apresentar ‘Ilha’


source
Sabrina Sato falou detalhes da produção de Ilha Record
Reprodução/Record

Sabrina Sato falou detalhes da produção de Ilha Record

Com estreia para o dia 26 deste mês, ‘ Ilha Record ‘ já é cheio de expectativa para as brigas e acontecimentos do reality, como a possível traição de Pyong Lee no programa . Sabrina Sato deu detalhes da produção e o diretor Rodrigo Carelli disse que chegou em um momento em que os participantes tiveram “medo dela”. 

Sobre os barracos, ela disse que todos brigaram e que ela foi ativa nos ‘barracos’, sendo uma mistura de apresentadoras. “Uma Cristina Rocha com Márcia Goldschimdt. Eu acho que os barracos acontecem e se acertam de alguma forma, mas eu acho que até aqui para fora, veio. As alianças, amizades, inimizades, acontece, na vida e nos realities também”, disse Sabrina. 

Você viu?

Apesar das semelhanças com ‘No Limite’ e ‘De Férias com o Ex’, Sabrina garante que o modelo de ‘Ilha’ é bem diferente. “Tinha participante que chegava na votação e dizia: ‘Ai, a gente nunca imaginou, isso é diferente do que imaginávamos’, ‘Ai, achava que era como uma colônia de férias’ e eu dizia: ‘Não, aqui é jogo’, colocava ordem”, disse Sabrina. 

A apresentadora, que é mãe de Zoe, fruto de relacionamento com Duda Nagle, foi junto da filha para a produção, que isolou os participantes por um mês e meio em Paraty, no Rio de Janeiro. “Estar com ela faz muita diferença, muito e para a Zoe, gente, foi algo único na vida dela, ela convivia com os macaquinhos na natureza, curtindo a vida, falava com as aranhas, grilos, macacos, foi maravilhoso”, contou.

Sabrina comparou a situação dos participantes de ‘Ilha’ com o reality que participou em 2003, o Big Brother Brasil.”Eu tenho uma visão muito diferente porque já estive no lugar deles, já participei de um, agora eu estou apresentando e, ao mesmo tempo assistindo, eu recebia muitos toques da produção: ‘Sabrina, não fique com dó’. Porque em alguns momentos eu me colocava no lugar deles, sabe?”, contou. 

“Não tem como a gente não torcer, você acompanha cada um, vê o jogo de uma forma total. A gente debatia o jogo todos os dias, porque os participantes têm altos e baixos, vai muito da aliança que eles formam. Acaba que a gente consegue acompanhar sem torcer, não tem como torcer, cada dia a gente gosta de um. ‘Ai hoje ele fez isso que achei maravilhoso’. Eu gosto de um barraco, de uma treta e falávamos assim: ‘não tem nenhuma plantinha não'”, disse. 

Perguntada se participaria de outro reality, ela negou e disse que não seria capaz nos dias de hoje. “Eu jamais poderia participar de um reality hoje em dia, eu seria expulsa no primeiro dia, no segundo. Eu não tenho condições”, contou. 

Fonte: IG GENTE

Mais Notícias de Entretenimento

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes