Após 27 dias como treinador, Bruno Lazaroni é demitido do Botafogo

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após 27 dias como treinador, Bruno Lazaroni é demitido do Botafogo


O recorde anterior desde 2010 era de Marcos Paquetá, que ficou pouco mais de um mês no cargo. Vale destacar que Bruno Lazaroni é também agora o segundo treinador que deixou o clube de forma mais rápida desde 2003. O primeiro é Mário Sérgio, que comandou o time por apenas nove dias em 2007, e perdeu os três jogos que disputou. O motivo da saída precoce de Mário Sérgio teria sido porque o Botafogo não teria aceitado antecipar o pagamento dos seus salários.

2 de 3
Bruno Lazaroni durante Botafogo x Goiás — Foto: André Durão/GloboEsporte.com

Lazaroni assumiu o Botafogo após a saída de Paulo Autuori e não conseguiu dar solução à irregularidade da equipe nesta temporada. Em seis jogos como treinador, foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas, terminando sua passagem com 44% de aproveitamento, o que mostra uma queda com relação a média de aproveitamento de um treinador no Botafogo desde 2003, que é de 52%.

Em média, um treinador permanece sete meses no Alvinegro carioca, mas isso vem mudando. O último técnico a ficar pouco mais que isso foi René Simões, que comandou o clube entre dezembro de 2014 e julho de 2015, sendo demitido com um aproveitamento de 67%. Em contrapartida, o mais longevo de 2003 para cá foi Oswaldo de Oliveira, que ficou por dois anos na equipe, disputou 133 jogos e deixou o Botafogo no fim de 2013 com 58% de aproveitamento.

3 de 3
Seedorf e Oswaldo de Oliveira juntos no Botafogo — Foto: Agência Estado

Veja abaixo o ranking com as 10 passagens mais rápidas de treinadores no Botafogo de 2003 até aqui:

Treinadores com passagem relâmpago no Botafogo desde 2003

Treinador Temporada Tempo no comando Aproveitamento
Mauro Sérgio 2007 9 dias 0%
Bruno Lazaroni 2020 27 dias 44%
Marcos Paquetá 2018 1 mês 20%
Felipe Conceição 2017/2018 2 meses 43%
Péricles Chamusca 2005 2 meses 39%
Mauro Galvão 2004 3 meses 35%
PC Gusmão 2005 3 meses 59%
Celso Roth 2005 3 meses 46%
Eduardo Hungaro 2014/2015 4 meses 39%
Alberto Valentim 2019/2020 4 meses 38%

Sob pressão na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro, o Botafogo vai agora em busca de um novo treinador, que com certeza terá bastante trabalho para arrumar a casa. Em situação financeira complicada e recebendo muitos protestos por parte da torcida, a diretoria busca um nome experiente para conseguir lidar com os desafios dentro e fora de campo. O que se sabe é que, independe de quem seja, precisará apresentar resultados rapidamente.

 

COMENTE ABAIXO:

Mais Notícias de ESPORTE

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes