Corinthians tem a pior sequência de aproveitamento desde 2014

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Corinthians tem a pior sequência de aproveitamento desde 2014


O aproveitamento do Corinthians em casa desabou nesta temporada e é o pior desde que a Neo Química Arena foi inaugurada, em 2014 (veja tabela abaixo). O Timão conquistou apenas 51,8% dos pontos em casa no ano.

Já depois da quarentena, quando passou a jogar sem público, o Corinthians vai ainda pior, com aproveitamento de 47%.

1 de 2
Corinthians tropeçou nos últimos quatro jogos em casa, pior sequência em Itaquera — Foto: Marcos Ribolli

Nas últimas dez partidas em Itaquera, o Timão venceu apenas dois, contra Bahia (3×2) e Coritiba (3×1).

Já são quatro confrontos sem vitória. O último foi nesta quarta-feira, quando a equipe perdeu por 1 a 0 para o América-MG, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Esta é a pior sequência do Corinthians na Arena. Entre abril e maio de 2017, o time também ficou quatro partidas sem ganhar em casa, mas na ocasião teve quatro empates.

A bola não pode queimar no pé do jogador sendo que não temos ninguém no estádio, se tivesse 50 mil pessoas gritando e pressionando eu até entenderia. Essa mudança de postura que tem de acontecer e vai acontecer – afirmou o técnico Vagner Mancini.

Para o comentarista Walter Casagrande Jr., o Corinthians “não consegue colocar medo no rival”.

O próximo compromisso do Timão em casa será no sábado, às 19h, diante do Internacional, líder do Brasileirão.

Desempenho do Corinthians na Arena

Ano Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
2020 (em andamento) 7 7 4 51,8%
2019 19 13 6 61%
2018 19 9 7 62,8%
2017 20 11 3 69%
2016 24 8 2 78%
2015 26 6 3 80%
2014 12 5 1 76%

 

COMENTE ABAIXO:

Mais Notícias de ESPORTE

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes