Covid-19: Irene Aldana testa positivo e luta principal de UFC é adiada

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Covid-19: Irene Aldana testa positivo e luta principal de UFC é adiada


.

A lutadora mexicana Irene Aldana testou positivo para o novo coronavírus (covid-19). A própria atleta comunicou o fato ao publicar uma mensagem na noite de ontem (22), em sua conta pessoal no Instagram. Desta forma, o Ultimate Fighting Championship (UFC) adiou o duelo peso-galo principal entre Aldana e a norte-americana Holly Holm, programado para 1° de agosto, em Las Vegas (Estados Unidos). No Instagram, a lutadora mexicana disse que apresentou alguns sintomas da covid-19, mas não revelou quando ficou soube o resultado do exame. ebc

“Agradeço profundamente aos fãs e a todos os meios de comunicação pelas mensagens de apoio e o interesse mostrado diante da notícia de adiar a minha luta de 1° de agosto contra Holly Holm. Estamos atravessando uma situação mundial muito complicada e meu país não é uma exceção a covid-19. Apesar de termos realizado um acampamento em total isolamento e com as medidas de saúde recomendadas pelas autoridades, infelizmente tive alguns sintomas e os exames pertinentes confirmaram o positivo. Sigo em recuperação: os primeiros dias foram complicados na questão dos sintomas, mas estou muito melhor. Vocês conhecem o meu profissionalismo e meu interesse em um compromisso deste tamanho. Meu entusiasmo e preparação é e será total.”

 

A organização do evento substituiu o duelo entre as oponentes do peso-galo pelo embate de pesos-médios. Os norte-americanos Derek Brunson e o Edmen Shahbazyan terão condição de destaque no torneio. Brunson é o oitavo do ranking do UFC, enquanto seu adversário ocupa a nona posição. A divulgação do embate aconteceu por meio de mensagem dos organizadores no Twitter. 

 

Brasileiros no octógono do UFC

Também no dia 1º de agosto o paulista Markus Maluko lutará com o norte-americano Eric Spicely, na categoria peso-médio. Na categoria peso-meio-médio, Vicente Luque vai encarar o norte-americano Randy Brown. Luke  nasceu em Nova Jersey (EUA) – é filho de mãe brasileira e de pai chileno – mas cresceu em Brasília. (DF). No gênero feminino, a paranaense Jennifer Maia entra no octógono para lutar contra a norte-americana Joanne Calderwood, na peso-mosca. 

Confira o restante da programação do UFC, em Las Vegas, em 1° de agosto.

Peso-médio: Trevin Giles (norte-americano) x (sul-coreano)

Peso-meio-médio: Da-Un Jung (sul-coreano) x Ed Herman (norte-americano)

Peso-galo: Luke Sanders (norte-americano) x Chris Gutierrez (norte-americano)

Peso-galo: Frankie Saenz (norte-americano) x Jonathan Martinez (norte-americano)

Peso-galo: Ray Borg (norte-americano)  x Nathan Maness  (norte-americano)

Peso-pena: Jamal Emmers (norte-americano)  x Timur Valiev (russo)

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Mais Notícias de ESPORTE

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes