Search
Close this search box.

Flamengo vence Corinthians nos pênaltis e ganha a Copa do Brasil

Compartilhe

O Flamengo conquistou o tetracampeonato da Copa do Brasil ao bater o Corinthians nos pênaltis, por 6 a 5, após o empate por 1 a 1 no tempo regulamentar. Na ida, os rivais também haviam empatado por 0 a 0.

Flamengo Pedro 1No tempo normal, Pedro, do Flamengo, e Giuliano, do Timão, marcaram os gols.

O clube carioca já havia erguido a taça da Copa do Brasil em 1990, 2006 e 2013 e se igualou ao Palmeiras com quatro conquistas. Os dois clubes só têm menos títulos que Cruzeiro, com seis, e Grêmio, com cinco.

Além do título, o Flamengo faturou R$ 60 milhões só por superar o Corinthians na decisão. A premiação total do clube carioca na competição foi de R$ 76,8 milhões.

O próximo objetivo do Flamengo na temporada é conquistar a Copa Libertadores. A final única contra o Athletico-PR está marcada para o próximo dia 29, às 17h, em Guayaquil, no Equador.

Veja os títulos nacionais do Flamengo

8 Campeonatos Brasileiros

1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009, 2019 e 2020

4 Copas do Brasil

1990 (invicto), 2006, 2013 e 2022

2 Supercopas do Brasil

2020 e 2021

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 (6) x (5) 1 CORINTHIANS

Competição: Copa do Brasil, jogo de volta da final

Data e horário: 19 de outubro de 2022, às 21h45 (de Brasília)

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ

Público: 68.097 presentes (61.566 pagantes) Renda: R$ 11.177.332,00

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Bruno Boschilia (Fifa/PR)

VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (VAR-Fifa/RN)

Cartões Amarelos: Thiago Maia, Léo Pereira (Flamengo); Fausto Vera, Lucas Piton (Corinthians)

Gols: Pedro aos seis minutos do primeiro tempo. Giuliano aos 36 minutos do segundo tempo.

FLAMENGO: Santos, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia (Fabrício Bruno), Vidal (Matheuzinho), Éverton Ribeiro e Arrascaeta (Victor Hugo); Pedro (Cebolinha) e Gabigol. Técnico: Dorival Jr.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Gil, Fábio Santos e Lucas Piton (Adson, depois Gustavo Mosquito); Du Queiroz (Giuliano), Fausto Vera (Maycon) e Renato Augusto; Róger Guedes (Mateus Vital) e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

Fonte: Agência Esporte

Compartilhe!

PUBLICIDADE

canal no youtube