Para se classificar na Copa do Brasil, Athletico precisa vencer o Flamengo com dois gols de diferença

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Para se classificar na Copa do Brasil, Athletico precisa vencer o Flamengo com dois gols de diferença


O Athletico entra em campo nesta quarta-feira com a missão de se classificar na Copa do Brasil. No jogo de ida contra o Flamengo, o Furacão perdeu por 1 a 0, na Arena da Baixada, resultado que obriga a equipe a vencer no Maracanã. O time de Paulo Autuori precisa vencer por dois gols de diferença para chegar às quartas de final. Se ganhar por um gol, a decisão será nos pênaltis. O Flamengo pode se classificar com um empate.

Para conseguir passar de fase, o Athletico terá que lutar contra a sequência negativa em jogos contra o Flamengo. O Furacão não ganhou nenhum dos sete últimos jogos – são cinco vitórias do time carioca e dois empates. Veja a lista no final da matéria.

Na Copa do Brasil do ano passado, nas quartas de final, o Athletico foi o algoz do Flamengo. As equipes empataram em 1 a 1 no tempo normal, mesmo placar do jogo de ida, e a vaga foi decidida nos pênaltis no Maracanã. Santos defendeu duas cobranças (de Diego e Everton Ribeiro), o Furacão venceu por 3 a 1 e passou para a semifinal. Depois, a equipe atleticana eliminou o Grêmio e fez a final contra o Inter – venceu os dois jogos (1 a 0 na ida e 2 a 1 na volta).

As últimas duas vitórias do Athletico sobre o Flamengo foram em 2018, pelo Brasileirão, ambas com o comando de Tiago Nunes. Na Arena da Baixada, o Furacão venceu por 3 a 0 (gols de Pablo, Raphael Veiga e Zé Ivaldo); e no Maracanã a vitória foi por 2 a 1 (gols de Matheus Rossetto e Rony).

1 de 1
Athletico levou a melhor no ano passado e eliminou o Flamengo da Copa do Brasil — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Athletico levou a melhor no ano passado e eliminou o Flamengo da Copa do Brasil — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Paulo Autuori volta ao banco contra o Flamengo. Ele segue suspenso no Brasileirão – cumpriu dois (Grêmio e Sport) de três jogos da suspensão imposta pelo STJD no Brasileirão.

O volante Léo Cittadini, o meia-atacante Nikão e o lateral-esquerdo Márcio Azevedo foram poupados. Por outro lado, o técnico tem a zaga titular à disposição. Thiago Heleno, recuperado após testar positivo para Covid-19 e passar por período de isolamento, e Pedro Henrique, recuperado de uma lesão na coxa, foram relacionados.

Um provável time tem Santos; Khellven (Erick), Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno (Felipe Aguilar) e Abner; Wellington (Richard) e Christian; Lucho; Carlos Eduardo e Reinaldo; Walter.

Contando Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, o Athletico está há dez jogos sem vencer – são três empates e sete derrotas. A última vitória foi sobre o Bahia (1 a 0), no dia 26 de setembro.

Flamengo e Athletico decidem quem passa para as quartas de final a partir das 21h30 desta quarta-feira, no Maracanã. Com a derrota por 1 a 0 na primeira partida, o Furacão precisa fazer o mesmo resultado fora de casa para levar para os pênaltis ou vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga. Flamengo pode se classificar com um empate no jogo de volta. O classificado leva a premiação de R$ 3,3 milhões.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Mais Notícias de ESPORTE

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes