Como cuidar do cabelo cacheado? Veja dicas essenciais e simples para adotar hoje

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Como cuidar do cabelo cacheado? Veja dicas essenciais e simples para adotar hoje


source

Alto Astral

Mulher de cabelo cacheado sorrindo

Com o  aumento das adeptas à transição capilar e a valorização dos fios naturais, a busca por como cuidar do cabelo cacheado tem crescido de forma gradual e rápida. A ideia é garantir que as madeixas estejam sempre hidratadas , brilhantes, cheirosas, com o corte em dia e o volume controlado.

Para isso, alguns cuidados básicos se tornam fundamentais e devem ser adotados no dia a dia. Quer saber quais e como? Conversamos com o tricologista Philip Kingsley e o especialista em fios naturais Bruno Dantte, a fim de te ajudar a aumentar sua autoestima e enaltecer os seus cachos autênticos.

Da lavagem ao penteado

Antes de se jogar de cabeça na hora de manter os cabelos cacheados impecáveis, é importante saber por onde começar. “A delicadeza ao pentear, moldar e mexer nos cachos ajuda a preservar a estrutura e agredir menos os fios”, ressalta Philip.

Também é recomendado aplicar sprays desembaraçadores, leave-in ou creme para pentear as madeixas secas, com o auxílio de um pente largo e de madeira. O segredo é começar pelas extremidades, gradualmente, até chegar na raiz.


Dicas de como cuidar do cabelo cacheado e crespo

Nunca durma com os cabelos molhados

Além da possibilidade dos fios ficarem mau cheirosos graças ao abafamento causado pelo contato com o travesseiro, as madeixas tendem a secar no formato em que estavam acomodadas. Ou seja, amassadas, emaranhas e, possivelmente, com pouco volume e movimento.

Para secar as madeixas à noite, Bruno ensina algumas técnicas: “Quem tem o cabelo longo pode prendê-lo bem no alto da cabeça com elástico de tecido, penteado também conhecido como coque abacaxi, que evita madeixas amassadas pela manhã. Em fios médios, pode ser feito um mini coque, com cuidado, para não deixar o cabelo com um efeito frizzado. Já nos curtinhos, uma fronha de cetim pode ser usada para dormir, garantindo um resultado sedoso”.

Nada de vaselina

Elimine essa substância química na hora de tratar os fios. Por ser derivada do petróleo, ela possui algumas contraindicações quando aplicada constantemente. Nos cabelos, por exemplo, ela cria uma película impermeável, que pode atrapalhar a nutrição, entupindo poros e causando dermatites no couro. Dê preferência a produtos à base de óleos e cremes.

Corte as pontas

Cabelo cacheado e crespo são secos por natureza, então, é preciso cortar as pontinhas (pelo menos 1 centímetro) a cada três meses. Isso ajudará não só a manter o formato das suas madeixas, como também auxiliará no desenvolvimento saudável, evitando o efeito quebradiço e dando o volume desejado.

Creme de pentear

No dia em que não usar o creme de pentear, umedeça os fios e esfregue-os com cuidado para espalhar o produto que já está neles, evitando o ressecamento . Amasse as mechas fazendo movimentos apenas com as mãos em direção à raiz dos fios. Isso dará firmeza aos seus cachos e movimento. Mas, atente-se: ele só pode ser usado dia sim, dia não. Essa alternância é importante para uma nutrição eficaz.

Hidratação caseira

Saber como cuidar do cabelo cacheado não está baseado apenas nas atitudes corretas, como nas receitas simples e nutritivas. Faça uma hidratação a cada 15 dias para mantê-lo sempre saudável e rico em vitaminas. Esse tipo de fio precisa de cuidados extras.

Receita com babosa

  • 1 folha de babosa
  • 2 colheres (sopa) de creme de hidratação a sua escolha
  • 50 ml de água

Como fazer:

Retire toda a polpa de uma folha de babosa. Misture a substância com 50 ml de água e bata no liquidificador até ficar um composto bem homogêneo. Passe esse creme em todo o comprimento dos fios, sem tocar na raiz. Então, cubra o cabelo com uma touca térmica e deixe agir por 25 minutos. Depois, lave as madeixas normalmente, retirando toda a receita.

Sem volume

Caso você opte por um cabelo mais assentado, com menos movimento, na hora que for secar e arrumar os cachos, evite passar as mãos entre os fios. Isso vale para todo o dia, não só durante a lavagem, já que esse hábito, além de promover uma maior oleosidade pelo contato com a pele, também causa eletricidade.

Química no cabelo

Antes de aplicar qualquer química, faça o teste em uma mecha. Como o cabelo crespo é mais fino, ele acaba criando maior sensibilidade às agressões do relaxamento e alisamento. Além disso, o tratamento tira o volume e acaba com a definição dos cachos. “Nesses casos, também deve ser feito reconstrução a cada 15 dias com produtos à base de queratina”, afirma Bruno.

Nada de frizz

Em dias úmidos, cabelo cacheado e crespo apresentam mais frizz. Recorra a algumas atitudes específicas para evitar que eles arrepiem demais. São elas:

  • Pente ou escova de madeira ajuda a equilibrar a eletricidade dos fios;
  • Evite lavar o cabelo com água quente. A temperatura morna é ideal, pois evita o ressecamento e controla o frizz;
  • Dê preferência a secadores com íons porque eles ajudam a eliminar a eletricidade;
  • Usar produtos antiumidade em  dias de chuva , impedindo que a umidade arrepie os fios. Nesse dias opte por penteados como rabo de cavalo ou coques;
  • Evitar o uso de shampoo com sulfato. Isso porque a substância costuma aumentar o ressecamento e, consequentemente, surge os fios arrepiados.

Na hora do corte

Evite qualquer tipo de corte com navalha, tanto para tirar o volume quanto para as pontas duplas. “É necessário analisar o grau de ondulação que encontramos em cada região da circunferência da cabeça, para trabalhar de forma diferente em cada uma e obter um formato de cabelo ideal para o tipo de rosto e fio”, esclarece Bruno.

Finalização

Agora que já sabe como cuidar do cabelo cacheado, não esqueça de lavar o as madeixas conforme a oleosidade do couro, intercalando dia sim, dia não. Se possível, realize sempre uma hidratação profunda por semana ou a cada 15 dias. E não use prendedores de metal (como aqueles do tipo bico de pato) porque quebram e danificam o cabelo. Prefira os de tecido.

Fonte: IG Mulher

Mais Notícias em Mulher

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes