Conto da Baba Yaga: a bruxa mais famosa do leste europeu

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Conto da Baba Yaga: a bruxa mais famosa do leste europeu


source

João Bidu

undefined
Ana Melo

Conto da Baba Yaga: a bruxa mais famosa do leste europeu

A famosa bruxa já apareceu em diferentes filmes, porém, muito pouco se sabe sobre essa figura tão marcante do folclore eslavo. Há diversas versões de quem é Baba Yaga e o que ela fazia, e ela vai muito além de uma história de terror para assustar criancinhas. 

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste LINK .

A história dessa velha senhora tem várias versões, inclusive, ela tem vários nomes e pouco se sabe sobre o real significado e origem de cada um deles. Típico de histórias que sobreviveram anos e anos a partir da linguagem oral, passando-se de geração em geração, é bem difícil mapear e rastrear sua origem e como foi desenvolvida. Acredita-se que a história era contada para assustar as crianças e afastá-las do perigo das florestas.

A história mais contada é a versão russa, na qual, Baba Yaga é uma senhora com aparência pouco agradável que vive em uma pequena casa com um ou dois pés de galinha que possibilita que a casa se movimente pela floresta. Além disso, algumas lendas falam de sua decoração peculiar com ossos humanos e crânios de olhos brilhantes, já que a velhinha era conhecida por canibalismo também. A senhora tinha um espírito viajante e voava dentro de um caldeirão, com auxílio de um pilão como remo, enquanto varria o caminho com uma vassoura com cabelos humanos para apagar seus rastros.

Hoje, também chamada de Ведьма (ou ved’ma), Baba Yaga é vista como a bruxa má e feia, feroz que devora pessoas, mas, saiba que existem muitas outras versões que mostram um lado bem diferente disso. A figura desse mulher mística era conhecida também como vidente, por ser alguém bastante sábia e bastante associada com a arte da adivinhação, além disso, muitos contos mostram-na como um mulher antiga que guardava séculos de conhecimento. Podia até não ser tão simpática, mas era gentil e ajudava quem precisava de sua ajuda.

Alguns historiadores acreditam a Baba Yaga teve sua origem em contos pagãos, como uma divindade, e foi demonizada com o tempo a partir do momento que o cristianismo se espalhou pela Europa. Pouco ainda se sabe dessa anciã, contudo, é evidente que as diversas versões de seus contos só mostram a importância dessa figura para a cultura local dos países do leste europeu. 

A ambiguidade das histórias representa uma mulher impetuosa, porém maternal. Baba Yaga, como figura ancestral, simboliza a morte, luz e nuvem, também conhecida por Deusa da Terra. Apesar disso, apenas os contos negativos dessa anciã são de conhecimento das pessoas, representando sempre uma vilã com aparência horripilante que devora pessoas.

Mesmo depois de muitas gerações contando histórias sobre ela, Baba Yaga é enigmática e muito do que se sabe sobre ela, ainda é muito pouco. Sem dúvidas, uma figura marcante que jamais deverá ser perdida no esquecimento.

LEIA TAMBÉM:

Dia da bruxas: a fantasia ideal de cada signo

As histórias mais famosas de mulheres acusadas de bruxaria

Lua das Fadas: Rituais para Lua Azul

Fonte: IG Mulher

Mais Notícias em Mulher

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes