Dois filhos e um cômodo: como dividir o quarto para as crianças

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Dois filhos e um cômodo: como dividir o quarto para as crianças


source
Objetos também podem ser usados como divisória no quarto
Reprodução

Objetos também podem ser usados como divisória no quarto

Respeitar o espaço de crescimento, desenvolvimento e privacidade dos filhos é muito importante para a individualidade dessas crianças. Mas o que fazer quando não há espaço em casa para um quarto para cada criança? A opção que fica é dividir o mesmo cômodo para os filhos. Quando a idade das crianças não têm muita diferença, redecorar e organizar o ambiente fica mais fácil, mas quando se fala em dividir um cômodo entre um adolescente e uma criança, a tarefa é mais complicada. 

A decoradora Adriana Chiuso Branco explica que respeitar o espaço de cada um é importante. “Em meus projetos, realizamos um briefing com os irmãos para respeitar ao máximo o espaço do outro e não afetar o espaço já existente do irmão(ã) mais velho(a), para ambos terem uma ótima convivência”, conta. 

Branco diz que, caso os pais e os filhos queiram uma divisão mais aparente, é possível usar cortinas do tipo painel e alguns outros materiais. “Utilizamos vários itens em nossos projetos para essa divisão, adesivos, papéis de parede, estantes, cobogós, cortina rolo e painel”. Usar objetos para dividir o quarto também é uma opção, como cômodas, guarda-roupas ou outros móveis. Assim, cada um fica com uma parte do cômodo exclusivamente para ele.

Os móveis separam e aproveitam o espaço do ambiente
Reprodução

Os móveis separam e aproveitam o espaço do ambiente

“Dá para colocar divisórias vazadas, que tragam um pouquinho mais de privacidade para cada um deles”, diz a arquiteta Cristiane Schiavoni. Ela ressalta que tudo depende do projeto e do tamanho do quarto. Em quartos onde o espaço é apertado, beliches centralizadas no ambiente e com saídas em lados diferentes das camas também podem ser uma ideia interessante.

Na decoração das paredes e estilo dos móveis, as cores também servem como divisória para os lados do quarto. “Tons claros acalmam. Quando as crianças têm o mesmo gosto, fica mais fácil trabalhar com a palheta de cores. Se são diferentes, trabalhamos com as palhetas de verde, amarelo, marrom, até o cinza”, diz Branco. 

Schiavoni também dá a dica de encontrar pontos em comum entre os gostos dos filhos. “Não quer dizer que tudo vá ser neutro. A gente consegue, sim, trazer a identidade de cada um deles, inserindo objetos decorativos, personagens…”, enumera.

Equilibrar o ambiente é o ideal para atender às necessidades de cada filho. Projetos com móveis planejados deixam a criança entretida e o respeito ao espaço do outro vem naturalmente, como diz Branco. “É necessário criar um ambiente para ambos e deixar claro que cada um tem o seu local e respeitar isso”, ensina.

Você viu?

Fonte: IG Mulher

Mais Notícias em Mulher

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes