Sol em Leão: O que podemos esperar para esse novo período?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Sol em Leão: O que podemos esperar para esse novo período?


source

O Sol entra em Leão nesta quarta-feira (22) e promete iluminar questões ligadas ao ego, paixão e também mexer em algumas questões do passado. A astróloga Celina Knust (@celinaknust no Instagram) explica que teremos o Sol em Leão até o dia 22 de agosto e, durante esse período, todos os signos do zodíaco serão influenciados por essa energia, leoninos ou não. 

mulher sol
Unsplash

O Sol entra em Leão nesta quarta-feira (22) e fica até o dia 22 de agosto

Celina diz que Leão é regido pelo próprio Sol, que vai exaltar o brilho e a essência do signo pelo próximo mês. A astróloga também fala que essa passagem do Sol em Leão vai ativar o chakra cardíaco e tocar em questões relacionadas a nossa criança interior. “Leão rege a inocência, a brincadeira da infância e a formação da nossa individualidade. Esse ciclo expande uma luz que aquece tudo e todos ao redor”, resume. 

Além disso, Celina comenta que Leão está na casa 5 do mapa astral, que está associada a grandes paixões da vida e a criatividade. “É a casa do amor próprio, da autoestima. Fala sobre nossas conquistas e alcançar o que almejamos. É uma casa associada aos nossos dons, talentos e criações a partir da verdade e da autenticidade”, acrescenta. 

O que esperar do Sol em Leão?

De acordo com a astróloga, os leoninos vão perceber ainda mais que os holofotes estão voltados a eles nesse período. Será um momento de encarar com mais consciência sua personalidade e entender o que os torna tão únicos e especiais. Como os outros signos do zodíaco também são iluminados por essa energia, também passaram por esse momento de olhar para si com mais atenção. 

Porém, segundo Celina, este pode ser um desafio. “Os leoninos estão habituados a entrar em contato com essas energias do “self” e “não self”, mas essa percepção pode ser desafiadora para outros signos”, fala. 

A astróloga também comenta que Leão é um signo muito associado ao coração e aos desejos mais profundos da nossa alma. Isso significa que nessa temporada de Sol em Leão, todos estão mais conectados com essa busca por um significado mais profundo. 

“Temos a tendência de nos aventurar em busca do que nos desperta paixões e a resgatar no passado, principalmente nos desejos da infância, o que nossa alma realmente deseja, não nos importando com as repressões e expectativas do mundo externo, mas com a satisfação real e profunda do nosso coração”. 

Como aproveitar o período

Celina fala que Leão é um signo de verdade absoluta. Isso pode fazer com que o leonino passe a imagem de egoísta ou individualista. Na verdade, de acordo com a astróloga, é um signo leal a si mesmo, com uma conexão muito forte consigo. Porém, é interessante aproveitar o período para ser mais flexível e sair um pouco dessa bolha de “verdades absolutas”. “Encare a realidade do mundo e como a sua particularidade se encaixa no todo”, aconselha. 

“Esse também é um momento de maior ênfase às nossas paixões, então vale a pena se lançar com maior consciência nessa busca!”, recomenda a astróloga. Ela orienta perceber o que significam as palavras “amor”, “propósito”, “verdade” e “entrega”. “Pode ser um ponto de partida para cada um de nós”. 

Para evitar

É tempo de se jogar em busca de paixões, mas é preciso cuidado para não confundir “amor” e “paixão”, algo que o leonino faz muito. “Leão é feito de desejo, de vontades, do impulso mais puro de realização que se mistura a inocência. Ao buscarmos a realização do que nos é essencial, podemos nos confundir com o superficial e acabar nos afastando do que é importante”, alerta. Evite a efemeridade das relações, a busca por realizações momentâneas e a superficialidade. 

A astróloga ainda alerta para o cuidado com a impulsividade, explosões e individualismo exagerado — características de Leão, signo do elemento fogo. “A tendência é acreditar que a única verdade que existe é a própria”, fala. Também é preciso ter cuidado com a dificuldade de enxergar outros pontos de vista. 

Fonte: IG Mulher

Mais Notícias em Mulher

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes