Início PIRACICABA E REGIÃO PIRACICABA

Em janeiro, 431 postos de trabalho foram criados em Piracicaba

COMPARTILHAR
Em janeiro, 431 postos de trabalho foram criados em Piracicaba

No primeiro mês do ano as contratações superaram os desligamentos em Piracicaba (SP). Impulsionado pelos setores da indústria e de serviços, a cidade apresentou saldo positivo em 431 empregos com carteira assinada em janeiro – o resultado é a diferença entre 3.936 admissões e 3.505 demissões. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

O cenário aponta uma economia piracicabana melhor quando comparado ao mesmo período de 2018 – na ocasião, o saldo positivo foi de 219 empregos. Em 2017, o índice foi pior e ficou negativo em 75 empregos.

Janeiro

No primeiro mês de 2019, a área de serviços e administração pública foi a que mais contratou entre os dias 1º e 31 de janeiro. Foram 321 postos de trabalho com carteira assinada. A indústria teve o segundo melhor desempenho, fechou o mês com 306 vagas.

A construção civil e a agropecuária também contrataram mais do que demitiram no período e apresentaram saldo positivo de 80 e 28 vagas, respectivamente.

“A economia está retomando lentamente. Acredito em um período à frente de criação de postos de trabalho consistente, especialmente a partir do segundo trimestre do ano”, afirma o secretário municipal do Trabalho e Renda, Evandro Evangelista.

O Comércio foi o único setor que fechou o primeiro mês do ano no vermelho. Foram menos 304 trabalhadores formais no município.  “O número é referente ao fim da prestação de serviço dos trabalhadores temporários, contratados para atuar nas festas de fim de ano. Este índice é esperado e o cenário se repete anualmente. Não é preocupante”, finaliza Evangelista.

Veja mais Notícias da região O Rolo Piracicaba

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área para comentários
COMPARTILHAR