Search
Close this search box.

Policiais civis prendem último suspeito de facção responsável por assassinatos em Rio Claro

Compartilhe

Policiais civis prendem último suspeito de facção responsável por assassinatos em Rio Claro

Policiais civis prendem último suspeito de facção responsável por assassinatos em Rio Claro

Nesta quarta-feira (19), as forças policiais de Rio Claro (SP) efetuaram a prisão do último suspeito de integrar uma facção criminosa, acusada de estar envolvida em diversos assassinatos no município em meio à disputa pelo domínio do tráfico de drogas.

Rafael Freitas dos Santos, também conhecido como “Nariz Torto”, foi detido em Umuarama (PR), a uma distância de mais de 800 quilômetros de Rio Claro.

Essa prisão faz parte da continuação da operação denominada ‘Oposição’, que foi realizada em maio com o intuito de cumprir nove mandados de busca e apreensão, bem como oito mandados de prisão preventiva.

Naquela ocasião, a polícia prendeu cinco homens e apreendeu dinheiro, armas, munições e celulares. Além disso, a Justiça bloqueou R$ 12,5 milhões em bens relacionados aos suspeitos.

O líder da organização criminosa havia fugido através de um buraco em uma mansão em Ipeúna, porém, dias depois, foi capturado em Borborema.

De acordo com as investigações, a facção criminosa foi formada em Rio Claro e proclamava-se como oposição a outra organização rival, culminando em uma “verdadeira guerra entre criminosos no município”, conforme relatado pelas autoridades.

Ao longo de 2022, o município testemunhou 33 assassinatos, muitos deles caracterizados por execuções violentas que ocorreram nas vias públicas.

Policiais civis prendem último suspeito de facção responsável por assassinatos em Rio Claro

Mais Notícias de Piracicaba e Região

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:

Compartilhe!

PUBLICIDADE

canal no youtube