Deic prende três integrantes de organização criminosa envolvida com o tráfico e lavagem de dinheiro

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deic prende três integrantes de organização criminosa envolvida com o tráfico e lavagem de dinheiro


.

Detidos operavam esquema que utilizava padarias para legalizar dinheiro obtido de maneira ilícita

A Polícia Civil, por meio do Departamento dDocName%3aUCM 053506Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu três integrantes de uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. As detenções aconteceram na manhã desta terça-feira (21), na Grande São Paulo, durante a operação nomeada de “Molete” – pão típico de Portugal.

As prisões foram realizadas por agentes da 6ª Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat) durante o cumprimento de três mandados de prisão e 10 de busca e apreensão na cidades de Osasco, Barueri e Santana do Parnaíba. As ordens judiciais foram obtidas após apurações, iniciadas há um ano, de um esquema que utilizava padarias para legalizar dinheiro obtido de maneira ilícita. Segundo o apurado, os valores eram adquiridos por meio de diversas atividades criminosas, como extorsão e estelionato.

Entre os capturados está o principal líder do grupo. “Esse era o nosso foco principal nesta fase da investigação”, destacou o delegado responsável pela operação. “Ele e mais duas pessoas muito importantes para o esquema criminoso foram detidas”, completou.

A operação foi dividida em fases e hoje foi deflagrada a primeira, na qual foi identificado um núcleo com quatro agentes criminosos – líderes do esquema. O delegado também esclareceu que as ordens judiciais não se restringiram a residências, sendo cumpridos também em estabelecimentos comerciais usados como fachada para as atividades ilícitas.

Além das prisões, a operação resultou na apreensão de sete veículos, uma moto aquática, R$ 100 mil em espécie, uma pistola, joias, relógios e dados contábeis.

Os presos respondem por associação criminosa e lavagem de dinheiro. As investigações prosseguem para identificar e deter outros envolvidos.

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes