Operação Calibre investiga tráfico de armas e munições para indígenas em conflito na Reserva do Carreteiro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Operação Calibre investiga tráfico de armas e munições para indígenas em conflito na Reserva do Carreteiro


Passo Fundo/RS – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (12/1) a Operação Calibre, que investiga o tráfico de armas e munições utilizados em conflitos indígenas ocorridos nos anos de 2020 e 2021 na Reserva Indígena do Carreteiro, situada no município de Água Santa.

Policiais federais cumprem dois mandados de busca e apreensão na cidade de Sananduva.

Durante as investigações, a Polícia Federal apurou que um indivíduo residente em Sananduva estaria fornecendo armas e munições irregularmente aos indígenas em conflito. A ação de hoje tem por objetivo a localização de armas e munições irregulares, bem como a coleta de provas da atuação do indivíduo nos fatos investigados.

A Reserva Indígena do Carreteiro, localizada em Água Santa, tem sido palco de conflitos armados entre grupos rivais que disputam o cacicado. Os conflitos ocasionaram inúmeras tentativas de homicídio e dois homicídios consumados de indígenas.

O crime investigado na Operação Calibre é o tráfico de armas e munições, com pena máxima prevista de 12 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Passo Fundo

Fone (54) 3318-9000/(54) 99171-2298

 www.pf.gov.br

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes