Operação Mamom combate a comercialização e aquisição de cédulas falsas em cidades mineiras

Compartilhe

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 12/7, a segunda fase da Operação Mamom, no combate à comercialização e aquisição de cédulas falsas nas cidades mineiras de Belo Horizonte, Contagem, Itabira, Lagoa Santa e Sete Lagoas.

Em maio deste ano, foi realizada a primeira fase da operação, quando ocorreram três prisões em flagrante: duas em Itabira/MG e uma em Florestal/MG.

Hoje foram realizadas diligências que resultaram na apreensão de R$ 5 mil em cédulas falsas de R$ 20, R$ 50, R$ 100 e R$ 200.

Dois adultos serão indiciados pelo crime de moeda falsa, previsto no artigo 289, §1º do Código Penal Brasileiro, cuja pena é de até 12 anos de reclusão.

Um adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil responsável na área de ocorrência do delito e outros dois menores de 18 anos, também envolvidos, ficarão sujeitos a medidas socioeducativas.

Mamom é um termo que aparece na Bíblia para se referir a bens terrenos, sendo uma transliteração do aramaico mamon e significa dinheiro ou riqueza, estando associada à ideia de ganho desonesto ou posses de origem iníqua.

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected]

31-3330-5127

www.pf.gov.br

Fonte: Polícia Federal

Compartilhe!
Área de comentários

canal no youtube

Mais recentes