Operação Rapio combate aliciamento de vigilantes privados para participação em ações criminosas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Operação Rapio combate aliciamento de vigilantes privados para participação em ações criminosas


Porto Alegre/RS – A Polícia Federal, em ação integrada com a Brigada Militar, deflagrou hoje (12/8) a Operação Rapio, voltada à repressão de crimes de extorsão e aliciamento de agentes de segurança privada, com o objetivo de obrigá-los a participarem de ação criminosa. Policiais federais e militares cumprem três mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão, em Novo Hamburgo.

As investigações iniciaram em dezembro de 2020, quando um vigilante que exercia suas funções em uma agência da Caixa Econômica Federal relatou a coação por parte de criminosos para que colaborasse com o grupo em uma ação contra a instituição bancária.

As diligências promovidas no curso da investigação levaram a identificação dos autores, alvos da ação de hoje, que responderão por associação criminosa e extorsão, além de outros crimes que poderão ser identificados a partir da análise das informações coletadas nas buscas realizadas na manhã de hoje.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Contato: [email protected]

www.pf.gov.br

(51) 3235-9005/99717-3040

*** Rapio é um termo em latim que significa raptar, levar à força, agarrar.

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes