Operação Sine Vox investiga crimes eleitorais no Acre

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Operação Sine Vox investiga crimes eleitorais no Acre


Rio Branco/AC –  A Polícia Federal deflagrou hoje (20/5) a operação SINE VOX, com o objetivo de reprimir o crime de corrupção eleitoral (compra de votos) ocorrido nas eleições municipais do ano passado (2020) na cidade de Rio Branco/AC.

 Durante a operação foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juiz da 1ª Zona Eleitoral da cidade de Rio Branco/AC. Aproximadamente 30 policiais federais participaram da ação.

 As investigações tiveram início em março de 2021, após chegar ao conhecimento da Polícia Federal a existência de conversa, em um grupo de aplicativo de mensagens instantâneas, na qual uma das pessoas afirma que recebeu o valor de R$ 50,00 por ter votado em determinado candidato a vereador nas eleições municipais. O investigado ainda frisou que, se soubesse que obteria aquele valor, teria avisado a todos os componentes do grupo. Estão sendo investigadas quatro pessoas, sob a suspeita de que uma delas (o candidato a vereador) haveria comprado o voto de outras três pessoas que o teriam vendido.

 É investigado, portanto, o crime de corrupção eleitoral (art. 299 do Código Eleitoral). As penas variam de um a quatro anos de reclusão, além do pagamento de multa.

 Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Contato: (68) 3212-1200 / 3212-1211 / 3212-1214 / 99912-8812
E-mail: [email protected]

***O nome da operação (SINE VOX), em tradução livre do latim para o português, significa “SEM VOZ”. Este nome foi escolhido pois quando uma pessoa vende o seu voto ela perde o direito de falar, ou seja, de exigir dos seus representantes eleitos melhorias para toda a sociedade.

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes