PF investiga saques fraudulentos de precatórios em Pernambuco

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PF investiga saques fraudulentos de precatórios em Pernambuco


Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (4/11) a Operação 4 Milhões, com o objetivo de desarticular organização criminosa voltada a saques fraudulentos de precatórios.

Participaram da deflagração 40 policiais federais, que cumpriram, em Recife/PE e em Moreno/PE, quatro mandados de busca e apreensão, bloqueio de contas bancárias, sequestro de imóvel e afastamento de sigilo bancário e fiscal de pessoas físicas. Todas as medidas cautelares foram expedidas pela 4ª Vara da Justiça Federal de Pernambuco.

As investigações começaram em outubro, quando a Caixa Econômica Federal descobriu o golpe levado a efeito por um advogado que apresentou uma Procuração Pública, lavrada no Cartório de Moreno/PE, com base em um documento de identidade falsificado, e conseguiu levantar o precatório no valor de R$ 4 milhões, na Agência da CAIXA, localizada no TRF da 5ª Região, em Recife.

A investigação busca identificar os demais membros desta ORCRIM, outros precatórios porventura sacados de forma fraudulenta, bem como o destino dos valores desviados.

Os integrantes da ORCRIM são investigados pela prática dos crimes de estelionato qualificado, associação criminosa, lavagem de dinheiro e constituir/integrar organização criminosa, cujas penas, se somadas, podem chegar a 30 anos de reclusão.

O nome da operação faz referência à quantia sacada de forma fraudulenta no valor de R$ 4 milhões.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Fone: (81) 2137-4076
E-mail: [email protected]

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes