Polícia Federal passa a utilizar o novo Microscópio Eletrônico de Varredura

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Polícia Federal passa a utilizar o novo Microscópio Eletrônico de Varredura


Brasília/DF – A Polícia Federal concluiu as providências necessárias para a instalação, no último dia 12 de outubro, de seu novo Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV).​​

Desde 2004 a PF utiliza o MEV para auxiliar as atividades periciais. Esse valioso instrumento de pesquisa viabilizou análises detalhadas de resíduos físicos e de elementos resultantes do disparo de arma de fogo, bem como é ferramenta muito útil para determinação da composição química de diversos resíduos relacionados a locais de crime.

O primeiro Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV) da Polícia Federal foi utilizado por 16 anos na produção de centenas de laudos. Com o passar do tempo, entretanto, suas configurações e resultados ficaram defasados, tornando-se premente a atualização da tecnologia no âmbito da Perícia Criminal Federal. 

O principal uso do equipamento é a análise detalhada de resíduos inorgânicos em escala nanométrica​. Em especial, a aplicação do MEV viabiliza a definição da composição química de amostras, especialmente aquelas resultantes de disparos de arma de fogo, mas não somente nesses casos. Sua utilização possibilita ao Perito a correlação entre as amostras de local de crime e aquelas colhidas junto a suspeitos e/ou outras pessoas ou locais de interesse, possibilitando que o mesmo determine se há ou não presença do mesmo elemento entre as amostras analisadas.​

Historicamente, o Instituto Nacional de Criminalística, da Diretoria Técnico-Científica da PF utiliza esse equipamento na produção de laudos relacionados a investigações de homicídio ou autoextermínio.

 

Comunicação Social da PF
61 2024 8142

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes