Polícias Civis de SP e RJ identificam imóvel utilizado para a suposta prática de estelionato em Pirituba

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Polícias Civis de SP e RJ identificam imóvel utilizado para a suposta prática de estelionato em Pirituba


dDocName%3aUCM 062310Em uma ação conjunta das Polícias Civis de São Paulo e do Rio de Janeiro, na terça-feira (19), em decorrência da “Operação Nicot”, relacionada ao combate à lavagem de dinheiro, os policiais diligenciaram ao local alvo da operação, situado no bairro Pirituba, zona norte de São Paulo, para cumprimento de mandado de busca e apreensão, expedido pelo Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. 

 

No imóvel alvo da operação foram encontradas duas pessoas, um homem de 43 anos, e uma mulher de 26. Embora tenha sido verificado que as pessoas não se relacionavam ao objeto da “Operação Nicot”, os agentes do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), localizaram no local quatro máquinas portáteis de transações financeiras, 12 cartões bancários e 36 folhas de cheques, ambos em nome de terceiros, além de dois telefones celulares, documentos diversos e R$ 18.266 em espécie. O material não possuía comprovação de origem lícita e restou apreendido, em razão da suspeita da relação com a prática do crime de estelionato.  

 

O casal foi ouvido e liberado. A ocorrência foi registrada pela 2ª Delegacia de Polícia de Capturas, do Dope, e as investigações se aprofundarão em sede de inquérito policial, com o intuito de identificar eventuais vítimas dos investigados.

Mais Notícias de Polícia

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes