Agência Brasil adota uso de interpretador digital de Libras

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
© Marcello Casal JrAgência Brasil

Agência Brasil adota uso de interpretador digital de Libras


.

A partir desta quinta-feira (24) todo conteúdo em texto das matérias e reportagens da Agência Brasil poderá ser traduzido para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) com a ajuda do VLibras – uma ferramenta de interpretação digital que traduz automaticamente do português para o idioma gestual.ebcebc

A ferramenta permite que pessoas surdas que têm mais fluência ou que preferem se comunicar por meio de Libras possam consumir toda informação produzida pela equipe do portal. “É um passo importante para tornar a agência mais acessível para pessoas surdas. A ferramenta permite que esse público navegue com mais facilidade no site“, descreve a gerente executiva de Web e Agência Brasil, Juliana Andrade.

A Agência Brasil também oferece às pessoas com deficiência a opção de contraste de cores e de aumento do tamanho da fonte. “São recursos que contribuem para aumentar a acessibilidade e a inclusão digital desse público”, acrescenta Juliana Andrade.

As traduções para Libras são feitas pelo Ícaro – um tradutor virtual que gera o idioma de sinais de acordo com a demanda do usuário. Ícaro está disponível em todo o corpo da página por meio do ícone lateral de linguagem gestual. Veja o nosso vídeo:

A página da Voz do Brasil na internet já conta com o recurso, e outras páginas da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) também irão dispor da ferramenta. Leitores e espectadores que queiram entrar em contato com a ouvidoria da empresa também podem gravar mensagens no idioma.

O VLibras conta com mais de 17 mil sinais, e foi desenvolvido pela administração pública federal em código aberto – uma modalidade de desenvolvimento de software que abre mão de patentes e licenças e pode ser distribuída, alterada e utilizada sem custos, além de poder ser modificada para e aprimorada por uma comunidade de entusiastas. 

O VLibras roda em diversas plataformas e pode ser usado tanto no modo desktop quanto na versão para dispositivos móveis, com versões para Android e iOS. O VLibras também pode ser usado como extensão para navegadores de internet e está disponível para o Google Chrome e para o Mozilla Firefox.

Estima-se que cerca de 3 milhões de traduções sejam feitas, por mês, com o uso do VLibras. “O governo está se tornando mais digital a cada dia e queremos estar próximos de todos os brasileiros, em todos os canais”, disse em nota o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro.

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) abriu em maio uma consulta pública para saber a opinião dos usuários sobre o VLibras. Os resultados estão em processamento e deverão ser publicados até o final deste mês.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

Mais Notícias de POLÍTICA

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes