Início SOROCABA E REGIÃO BOITUVA Integrantes de quadrilha de tráfico internacional de drogas é presa em Boituva

Integrantes de quadrilha de tráfico internacional de drogas é presa em Boituva

COMPARTILHE
Integrantes de quadrilha de tráfico internacional de drogas é presa em Boituva (Divulgação Polícia Federal)

Integrantes de quadrilha de tráfico internacional de drogas é presa em Boituva

Três pessoas foram presas pela Polícia Rodoviária, por tráfico de drogas. Eles são suspeitos de participar de uma quadrilha de tráfico de drogas internacional de drogas.

Entenda o caso

Helicóptero com 500 quilos de cocaína foi apreendido em em canavial em Presidente Prudente (Divulgação/PF)

A ação da Polícia Federal, começou com a prisão de duas pessoas na sexta-feira, 12, quando integrantes da quadrilha reabastecia um helicóptero, em um canavial na região de Presidente Prudente. A aeronave estava carregada com cerca de 500 quilos de cocaína, vindo do Paraguai. A droga apreendida foi avaliada em R$ 4 milhões de reais.

As prisões aconteceram durante a madrugada, sendo o dono do helicóptero, Danilo Sousa Novais, e Mariana Wiezel Batista, que ficava na rodovia para avisar sobre a chegada da polícia.

O namorado dela, Thiago Santana da Silva, responsável por abastecer a aeronave, está foragido. Também está foragida Vânia de Souza Novais, mulher de Luiz Alberto.

Fuga

Durante a ação que apreendeu o helicóptero e a carga de drogas, três pessoas conseguiram fugiram do cerco policial e foram presos em Boituva pela Polícia Rodoviária. São eles, o piloto da aeronave, Dejair Alves da Silva, Welington Santana Furtuoso, que atuava como batedor e Luiz Alberto Souza Alves, apontado como traficante.

A prisão aconteceu na tarde deste sábado, 13, em Boituva, na praça de pedágio, da Rodovia Castelo Branco, no km 111.

O delegado da PF, apontou que o chefe da quadrilha é Danilo Sousa Novais, o dono do Helicóptero. Os suspeitos serão investigados por tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

As investigações da Polícia Federal duraram cerca de um ano, e os policiais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam os traficantes. A operação foi chamada de Flying Low (voando baixo) da Polícia Federal e descobriram que a organização criminosa trazia a droga do Paraguai e distribuía para o Estado de São Paulo.

De acordo com a polícia a quadrilha usava o helicóptero para transportar drogas duas vezes por semana.

Monitorados na fuga

Após monitorar as placas dos dois carros usados na fuga, desde o município de Pardinho, a Polícia Rodoviária chegou até os fugitivos. Na praça de pedágio na altura do quilômetro 111 da Rodovia Castelo Branco, em Boituva, a polícia montou um bloqueio e conseguiu fazer a abordagem dos suspeitos, dois  homens e uma mulher foram presos no local.

Segundo a polícia, eles não estavam armados. Com eles foram apreendidos cinco celulares e R$ 8,9 mil reais em dinheiro.

Os traficantes foram conduzidos até a sede da Polícia Federal em Sorocaba, onde seria transferidos para outros CDPs. Outros três presos permaneceram à disposição da justiça no CDP de Sorocaba.

Droga apreendida em helicóptero em Presidente Prudente (Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira)

Veja mais Notícias da região O Rolo Sorocaba

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área para comentários
COMPARTILHE