Sorocaba registra terceira morte por suspeita do novo coronavírus

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Sorocaba registra terceira morte por suspeita do novo coronavírus
Sorocaba registra terceira morte por suspeita do novo coronavírus

Sorocaba registra terceira morte por suspeita do novo coronavírus

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), foi notificada, nesta quarta-feira (25), sobre uma terceira morte na cidade por suspeita do novo coronavírus. A vítima foi um homem de 83 anos, que estava internado em um hospital privado da cidade. O paciente apresentou insuficiência respiratória e por este motivo foi notificado como suspeito da COVID-19. Além disso, o paciente tinha neoplasia avançada de esôfago. As amostras já foram coletadas e enviadas ao Instituto Adolfo Lutz (IAL), órgão estadual responsável pelos exames do novo coronavírus.

Atualmente Sorocaba possui um caso confirmado que ainda aguarda contraprova do IAL. A cidade passou de 124 para 168 casos suspeitos que aguardam resultados de exames. Deste total, 20 encontram-se internados e três óbitos também são investigados. O total de descartados por resultado de exames chegou a 17.

Conforme determinação da Secretaria Estadual da Saúde, somente serão solicitados exames do novo coronavírus para pacientes suspeitos internados graves, ou críticos, e profissionais da área de saúde que apresentem sintomas de síndrome gripal. O teste diagnóstico não deverá ser realizado em pessoas assintomáticas. Essas medidas buscam otimizar o bom uso desse recurso, cujos insumos estão restritos no mundo devido à situação pandêmica.

Neste momento são considerados como suspeitos todos os pacientes que apresentarem características de síndrome gripal. Ou seja, pessoa com febre e sintomas respiratórios, sendo que a febre pode não estar presente em alguns, como pacientes jovens e idosos, ou que esteja fazendo uso de medicamento antitérmico. A orientação é que procurem uma unidade de saúde somente pessoas que percebam o agravamento dos sintomas, como falta de ar. Em situações menos complexas, é recomendado o isolamento domiciliar por até 14 dias.

Medidas de combate

Para combater a doença, a Prefeitura de Sorocaba criou nesta terça-feira (24) a Coordenadoria de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, além do reforço de mais 12 novos médicos do Programa Mais Médicos para o mês de abril que fortalecerá a assistência. Outra medida foi a compra de 300 mil máscaras cirúrgicas para os servidores da área da saúde, a entrega está prevista para esta sexta-feira (27).

Veja mais Notícias da região O Rolo Sorocaba

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área para comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin