Aguardado no Brasil, Nissan Magnite tem fila de espera longa na Índia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Aguardado no Brasil, Nissan Magnite tem fila de espera longa na Índia


source
Nissan Magnite
Divulgação

Nissan Magnite

O utilitário subcompacto Nissan Magnite se tornou um grande sucesso na Índia como alternativa mais barata que o Kicks, com mais de 50 mil pedidos desde o lançamento. A fábrica localizada na cidade de Oragadam, na região sudeste do país, está operando em três turnos apenas para atender a demanda doméstica. Em algumas regiões da Índia, a fila de espera chega a oito meses.

Até o momento, a planta tem capacidade para produzir 2.700 unidades do Magnite por mês. Em julho, a Nissan pretende estender a produção mensal para algo em torno de 3.500 unidades, com o objetivo de atender outros mercados que estão na fila de espera, como Indonésia e África do Sul.

A fábrica da Nissan em Oragadam ainda não foi afetada pela falta de microchips semicondutores que paralisou plantas em todo o mundo, inclusive no Brasil.

O Nissan Magnite é vendido em cinco versões, com duas opções de motores 1.0: aspirado de 72 cv de potência e turbo de 100 cv. Na opção aspirada, o câmbio é manual de cinco velocidades, enquanto o modelo turbo conta com câmbio CVT.

Você viu?

Brasil

Magnite será produzido no Paraná ao lado do Renault Kiger, que terá a mesma mecânica
Divulgação

Magnite será produzido no Paraná ao lado do Renault Kiger, que terá a mesma mecânica

Feito em uma variação da plataforma do Kwid, o Nissan Magnite é aguardado no Brasil em 2022, contando com o controle da pandemia do novo coronavírus e condições financeiras mais sólidas. Ele será produzido pela Renault em São José dos Pinhais (PR), ao lado do Kiger.

O Magnite é um SUV subcompacto e ficará abaixo do Kicks no portfólio da marca. Com 3,99 m de comprimento, 1,76 m de largura e 1,57 m de altura e 2,50 m de distância entre-eixos, o crossover tem porte de hatch. Na comparação com o primo Renault Sandero, o Magnite é mais curto (- 8 cm), mais largo (+ 2 cm) e tem entre-eixos menos generoso (- 9 cm).

O porta-malas do Magnite tem 336 litros de capacidade. Apesar de superar os 320 litros do compartimento do Sandero, o crossover da Nissan entrega menos espaço que os 405 litros disponíveis no Renault Kiger .

É natural que algumas medidas sejam alteradas na comparação com a Índia, mas julgando que a Renault não fez mudanças no tamanho do Kwid , há grandes chances do Nissan Magnite ser lançado no Brasil com estas proporções.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes